sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Música de Lennon feita em Bermuda fala das mulheres


O ex-Beatle John Lennon disse que quando ele se inspirou para escrever "Woman", em Bermuda, ele queria criar não apenas uma canção de amor para sua mulher, Yoko Ono, mas também como um hino à presença feminina no mundo,a "Rolling Stone " informou esta semana (23 de dezembro).
Escrito nas Bermudas no verão de 1980, "Woman" foi o primeiro single lançado depois de 8 de Dezembro de 1980 do assassinato de Lennon.Descrito por um crítico como "cartão-postal, sem fôlego animado com áudio gravado para Yoko,quando ele estava de férias e fez uma demo nas Bermudas", a canção chegou ao topo das paradas dos dois lados do Atlântico no início de 1981. "Woman"passou a ser considerado como um dos melhores cantores/compositores e mais maduro nos anos desde sua morte.
O escritor Jonathan Cott da "Rolling Stone"entrevistou Lennon apenas três dias antes deele ser baleado à morte por um psicótico ASSASSINO em frente ao seu prédio em Nova York. Após a morte de Lennon, apenas breves trechos da entrevista - em grande parte centra-se no renascimento criativo que ele experimentou em Bermudas - foram publicadas. Recentemente, o Sr. Cott desenterrou as fitas originais e "Rolling Stone " publicou esta semana uma transcrição da entrevista completa de nove horas, para comemorar o 30o aniversário da morte de Lennon.
O ex-Beatle disse ao Sr. Cott: "A música"Woman "surgiu porque, em uma tarde ensolarada em Bermuda, ele de repente bateu o que as mulheres fazem por nós. Não apenas o que minha Yoko faz por mim, embora eu estava pensando nesses termos pessoais ... mas é uma verdade universal.
"O que despertou em mim era tudo que eu estava tomando para concedido."Women really are the other half of the sky (Mulheres que estão realmente a outra metade do céu)", como eu sussurro no início da canção. É um "nós" ou não é nada. A música me faz lembrar de uma música dos Beatles, embora eu não estava tentando fazer soar como uma faixa dos Beatles. Eu fiz isso em "Girl'' há muitos anos - é apenas que me atingiu como um dilúvio, e saiu assim. "Woman" é a versão adulta de "Girl".


Paul McCartney no Top 10 das turnês de maiores bilheterias do ano

A Pollstar publicou que listou Paul McCartney como um dos top 10 concertos de maiores bilheterias do ano, tanto na América do Norte e do mundo no seu relatório anual divulgado na quarta-feira.McCartney foi listada em oitavo no mundo, com um bruto de $ 93 milhões e sexto na América do Norte, com $ 61,8 milhões.
Bon Jovi ficou em primeiro lugar nas paradas com 201,1 milhões dólares em todo o mundo e com $ 108,2 dólares na América do Norte. ACDC ficou em segundo e o U2 ficou em terceiro lugar a nível mundial, enquanto Roger Waters e Dave Matthews levaram os próximos dois pontos na América do Norte.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Entrevista da CBS com Paul McCartney


No programa The Early Show da CBS,Paul McCartney comentou sobre quando o pai lhe deu um trompete e queria trocar por uma guitarra.
"Perguntei a ele primeiro", McCartney lembrou. "Eu disse," Você se importa se eu, você sabe, trocá-lo por outro? "Ele disse, 'Não, tudo bem. "
O irmão de McCartney disse que,a partir do momento em que ele tinha a guitarra, ele estava perdido. "Era isso", concordou Paul. "E então, o rock 'n 'roll veio, e então eu tenho um grupo chamado The Quarry Men ou o Silver Beatles e, posteriormente, os Beatles. E nós nunca olhamos para trás."
Os rapazes de Liverpool assumiram a cena musical britânica dos anos 60 e, em fevereiro de 1964, eles conquistaram o mundo. "Depois que ficou grande na América", McCartney disse: "era isso. O jogo estava acabado.
Sobre a aparição dos Beatles no Ed Sullivan comentou "Nós tínhamos dito: 'É louco lá'", disse McCartney. "Mas não tínhamos idéia. Então foi uma sorte enorme de explosão.

fonte:http://www.cbsnews.com/stories/2010/12/28/earlyshow/leisure/celebspot/main7191237.shtml

Disco de Natal dos Beatles de 1963 já está disponível gratuitamente no iTunes

Apareceu no iTunes alguns dias antes do Natal, de acordo com a data no post, aparentemente como um bônus especial de Natal. Não tem tido muita publicidade sobre isso.
Mas com certeza que o áudio dos Beatles The 'Christmas Record 1963,mensagem de Natal de 1963 pode ser baixado de graça no iTunes. Você pode encontrá-lo aqui.Até agora só aparece essa mensagem disponível para download.
Parece que o audio foi gravado de um disco flexível, porque há um pouco de estalo e assobio por trás dele. Se falha a memória, havia bootlegs que tinha esses registros de Natal a partir de uma fonte de fita, mas não é isso que é usado aqui. Foi utilizado um bootleg? Isso seria irônico.
Não se sabe quanto tempo ele estará no iTunes, mas é bom você pegá-lo enquanto você pode.

fonte:http://www.examiner.com/beatles-in-national/rare-beatles-1963-christmas-record-available-for-free-on-itunes

Chefes do patrimônio inglês rejeitam a ordem de proteção à casa de Ringo Starr

A organização que trabalha para preservar áreas de importância histórica, e no início deste mês (Dez 10) o ministro do Turismo e Património, John Penrose, deu status de proteção para a faixa de pedestre da capa dos Beatles o álbum Abbey Road.
A decisão foi baseada no aconselhamento dado ao Penrose pelos peritos em Patrimônio Inglês - e surgiu agora que eles também determinaram uma propriedade em Liverpool, onde o baterista dos "Fab Four" onde nasceu nãocumpri "os critérios necessários para ganhar uma ordem de preservação.
Essa decisão efetivamente dá luz verde a uma proposta dos funcionários em Liverpool para demolir o imóvel,na 9 Madryn Street.
De acordo com a arquitetura do website BDOnline, o relatório dos Estados do Patrimônio Inglês, "Depois de examinar todos os documentos sobre este arquivo e outras informações relevantes e de ter analisado cuidadosamente o interesse arquitectónico e histórico deste caso, os critérios para inclusão na lista não são cumpridas."
Um porta-voz do Patrimônio Inglês disse ao site, "A faixa ... foi listado como uma celebração aos Beatles, e por seu valor fenomenal de grupo forte com os estúdios de gravação Abbey Road ... Nós não recomendamos 9 Madryn Street, no entanto, pois falta-lhe a ligação aos Beatles que é inegável de outros sites, e é um edifício de outra maneira normal histórica e arquitetonicamente ".

Comentário:
Claro!para o governo inglês,Ringo Starr foi nada mas deram o nome de uma rua de Liverpool de Pete Best Street,isso está mau explicado pode apostar.Não é só no Brasil que acontece isso!

fonte:http://www.express.co.uk/posts/view/219846/Heritage-bosses-reject-protection-order-for-Starr-s-home

Paul McCartney fala sobre a Beatlemania


O programa americano The Early Show (das 07:00am na CBS) apresentou um especial com uma entrevista com Paul McCartney. O ex-Beatle é um homenageado com prêmio Kennedy Center 2010, e ele falou abertamente com Jeff Glor sobre os anos formativos de sua vida e carreira.
Cinqüenta anos mais tarde em sua carreira em curso bem sucedidos e influentes, McCartney diz que ainda ama tocar músicas dos Beatles. "Muito disso tem a ver com o fato de que as pessoas adoram", explicou. "Quando eu estou cantando as canções, às vezes posso voltar em minha mente para o estúdio, e eu posso estar lá com o John, George e Ringo. Poderíamos estar fazendo o disco."
De sua fama precoce, McCartney explicou que o grupo tinha um pouco de estratégia por trás quando eles chegassem primeiro aos estados. "Tínhamos dito que o nosso gerente, nós não estamos indo para a América, até temos o número 1 de um disco de lá ", disse ele.
"Um monte de estrelas inglesas vierão sobre quem teria sido enorme na Inglaterra e não tinha feito nada aqui, e voltar um pouco com o rabo entre as pernas." No entanto, apesar de ter "um pouco de prática na de fama na Grã-Bretanha", onde Beatlemania já estava indo fortes, os meninos "não tinham idéia" do impacto da sua chegada que seeria nos Estados Unidos.
"Nós apenas pensamos que estávamos saindo no aeroporto Kennedy e nós estávamos indo e fazer algum trabalho sobre este [show] chamado 'Ed Sullivan'", disse ele. "Foi uma sorte enorme de explosão."
Uma explosão que não ainda não morreu, como McCartney ainda toca nos lugares esgotados e recebe meninas gritando em seus shows. É sempre um ato de classe, McCartney foi homenageado por ter sido selecionada para o Kennedy Center. Mesmo após todos estes anos e todo esse sucesso, ele ainda fica animado por ser notado e reconhecido pelo seu trabalho. É uma humildade encantadora vez que nem sempre vemos em celebridades.


fonte:http://www.tvsquad.com/2010/12/28/sir-paul-mccartney-on-beatlemania-and-a-key-to-their-explosive-s/

O prêmio Kennedy Center Honor 2010 para Paul McCartney


O canal público exibiu na segunda feira a entrega do prêmio.O presidente Obama cumprimenta os homenageados Kennedy Center 2010 na Casa Branca - Merle Haggard, Paul McCartney, Oprah Winfrey, Bill T. Jones, e Jerry Herman

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

"John adoraria internet" disse Yoko Ono

O que John Lennon teria pensado dessa coisa chamada Internet, se ele estivesse vivo hoje? Será que ele iria julgar o Facebook como uma distração superficial de arte e ativismo, ou devemos dar uma chance ao tweets? Tem sido um pouco mais de 30 anos desde que John Lennon morreu, e talvez a única pessoa que poderia responder a essas perguntas é a viúva.
Ela disse que John seria um viciado em rede social o tempo todo, a fim de difundir sua mensagem de amor. "Se John estivesse conosco,ele adoraria Facebook", disse Ono. "Ele amava o modo como o mundo mudou. Ele adoraria a Internet e Twitter. Ele estaria enviando mensagens e pronunciamentos e dando sua opinião o tempo todo em tudo. Ele estaria com 70 anos, mas ele gostaria de saber tudo o que está acontecendo. Compartilhamos essa curiosidade e essa energia. Aos 77 anos, eu não posso parar. "
Ela também reiterou que ela não separou os Beatles ("Eu fui culpada por arruinar John e eu era pintada como um dragão"), e notou que ela ama Lady Gaga. "Ela cantou comigo no palco vestindo um macacão de rendas transparentes e as pessoas achavam que era um insulto, pois você podia ver o seu fundo. Eu sou a senhora que fez uma exposição dos fundos. Como poderia ela me ofender? Ela tem um fundo encantador. Acho que ela é maravilhosa. "Ela disse que John teria gostado dela também.

fonte:http://www.switched.com/2010/12/27/yoko-ono-john-lennon-would-have-loved-the-internet-twitter/

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Paul McCartney ganha prêmio do The Sun

Paul McCartney ganhou no dia 24 de dezembro o prêmio The Bizarre Awards do The Sun como a melhor apresentação ao vivo de 2010.

fonte:http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/showbiz/bizarre/3317090/The-Bizarre-Awards-Best-Live-Act.html?OTC-RSS%26ATTR=Bizarre

sábado, 25 de dezembro de 2010

Os desejos de Boas Festas do Ringo Starr

A saudação de Natal dos Beatles


Feliz Natal para todos! Merry Christmas everybody!!

Buenos Aires terá o 1º museu dedicado aos Beatles na América Latina

O primeiro museu da América Latina dedicado aos Beatles abrirá suas portas em Buenos Aires no dia 3 de janeiro e exibirá os "tesouros" do maior colecionador de objetos do quarteto de Liverpool.
"É o único museu sobre os Beatles cujo catálogo pertence a um colecionador privado. É realmente o único no mundo depois do The Beatles Story em Liverpool", disse o colecionador argentino Rodolfo Vázquez em declarações publicadas nesta sexta-feira (24) pelo jornal "Tiempo Argentino", de Buenos Aires.
Vázquez entrou em 2001 no Livro Guinness dos recordes por sua coleção de objetos do grupo, que soma cerca de 8.500 itens, desde fotos e discos, vestuário, cheques assinados pelos integrantes da mítica banda e até uma caixa de preservativos com a imagem de John Lennon e Yoko Ono.
Grande parte destes objetos será exibida neste museu que funcionará dentro de um complexo cultural em pleno centro de Buenos Aires, onde também se rebatizará uma sala teatral com o nome de John Lennon.
No mesmo complexo funciona há anos o Cavern Club Buenos Aires, um bar que recreia a atmosfera do mítico pub The Cavern de Liverpool, onde os Beatles iniciaram sua bem-sucedida carreira.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Paul McCartney feliz pelo cruzamento virar patrimônio cultural

A faixa de pedestre do Abbey Road, que ficou famoso quando os Beatles foram fotografados fazendo sua procissão psicodélica através dela para o álbum de 1969 com o nome da rua do norte de Londres, foi concedido o status de grau II,um anúncio do Ministro do Turismo e Património.
John Penrose fez com que o site a primeira passagem para a lista, reflectindo a sua "importância cultural e histórica". Milhares de turistas e amantes da música vão em bandos para a passagem de cada ano, e que se situa a poucos metros do estúdio Abbey Road, a sede da famosa gravação que foram listadas em fevereiro.
"É um testemunho fantástico para a fama internacional dos Beatles, que - mais de 40 anos - esta travessia continua a atrair milhares de visitantes a cada ano, tentando imitar suas icônica capa do álbum", diz Penrose.
"Como tal, merece a proteção adicional que Grau II um anúncio se oferece."
Roger Bowdler, o Chefe de designação no anúncio de juízes do Patrimônio Inglês, admitiu que a travessia era "obviamente um caso incomum".
"Eles continuam sendo a meca dos fãs dos Beatles de todo o mundo."
Sir Paul McCartney emitiu uma resposta festivamente eufórica com o anúncio, mas não ficou claro se ele estava planejando tirar a poeira de seu terno e recriar o seu passeio pelo cruzamento.
"Foi um grande ano para mim e um grande ano para os Beatles", declarou ele.
"Ouvir que o cruzamento do Abbey Road deve ser preservada é a cereja no topo do bolo".

Comentário:
Enquanto isso a casa onde Ringo Starr viveu sua infância está abandonada e ainda não virou patrimônio.

fonte:http://www.culture24.org.uk/history+&+heritage/literature+&+music/art315042

Paul McCartney continua a ter um Natal Maravilho$o

Natal ainda está distante, mas para Paul McCartney que já entregou a si mesmo o dom que continua a dar "com a música “Wonderful Christmastime."
Lançado em 1979, a cantiga foi escrito, produzido e realizado por Paul McCartney. Ele até tocou todos os instrumentos.Como resultado, ele recebe royalties como compositor e intérprete, e não precisa partilhar os pedaços desse bolo festivo sonoro com ninguém.
Então exatamente quanto dinheiro é que a música gerar por ano?
"A música é o que nós na indústria chamamos de um evergreen, porque ele fica tocando o tempo todo", explica o advogado de entretenimento Bernie Resnick responsável pelos royalties [de McCartney] em publicar e verificar cada quarto trimestre, provavelmente, tem um monte de zeros no final."
Outra fonte da indústria coloca o número em $ 400.000 - $ 600.000 anualmente. Por meio de um cálculo, o que significa McCartney viu 15 milhões de dólares a partir da música desde o seu lançamento. Isso é um pouco menos do que Paul McCartney ganha em um ano inteiro nesses dias de royalties sobre as canções gravadas por ele mesmo e com os Wings e os Beatles.
McCartney foi provavelmente motivado para gravar uma música padrão para as festas, em parte por causa de sua desastrosa experiência financeira com os Beatles.O acordo com o primeiro disco do grupo com a gravadora EMI pagou um centavo por míseros disco que vendeu, e embora os membros do grupo fizeram milhões, por mais contas que ganhavam muito menos do que deveriam. Um processo contra a EMI por US $ 60 milhões em royalties não pagos e foi liquidada há três anos (a gravadora que luta em breve que poderá estar à venda; pretendentes incluem WMG, BMG e, eventualmente, a Apple ou o Google).
E com as receitas de transmissão de músicas em ascensão, não espere fluxo constante de McCartney de rendimentos a partir de "Wonderful Christmastime" secar tão cedo.
"Se você ouvir" Frosty the Snowman ", que soa como se fosse de outro século", diz Resnick."Wonderful Christmastime" não soa datado, e é mais de 30 anos de idade. McCartney foi inteligente, porque ele não só escreveu e gravou a canção, mas ele criou uma música que vai resistir ao teste do tempo. "

Comentário:
Amigos...se Paul McCartney ganha esse valor em royalties por ano com essa música,imagina a música "Happy Xmas" de John Lennon quanto arrecada em royalties por ano??

fonte:http://blogs.forbes.com/zackomalleygreenburg/2010/12/23/paul-mccartney-continues-to-have-a-wonderful-financial-christmas-time/?boxes=financechannelforbes

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Loja de Caridade vendeu discos dos Beatles por £ 260

Alguns LPs foram encontrados em sacos para a British Red Cross Shop,a Cruz Vermelha Britânica,em Woodbridge que continha a 1ª prensagem do álbum Please Please Me e uma cópia do Revolver de 1966.
O Gerente de loja Merriam Keeble, disse que um especialista avaliou o LP Please Please Me em £ 230.
Ela disse que o saco continha cópias de With The Beatles e também o álbum Rubber Soul.
Dois LPs dos Beatles foram doados anonimamente a uma loja de caridade de Suffolk e foram vendidos por um total de £ 260.

Paul McCartney deu comida aos fãs depois do show

A lenda dos Beatles tocou no O2 Academy em Liverpool na segunda-feira e muitos fiéis devotos saíram na neve e no gelo para ver seu ídolo.
Ele emocionou o público ao cantar sucessos de toda sua longa carreira - e até mesmo após o show tinha acabado, ele ainda tinha seus fãs em mente.
McCartney pagou fritas,bem como chá e café, a ser entregue à multidão quando eles deixaram o local, de acordo com o jornal Liverpool Echo.

fonte:http://www.express.co.uk/posts/view/218906/McCartney-treats-freezing-fans-to-food-after-gig

Faixa de pedestres do Abbey Road dos Beatles vira patrimônio britânico


LONDRES - A mais famosa faixa de pedestres da música popular, diante do estúdio Abbey Road, na zona norte de Londres, foi designada local de importância nacional pelo governo britânico nesta quarta-feira.
Beatlemaníacos de todo o mundo costumam ir à rua para posar para fotos imitando a imagem da capa do álbum que mostra Paul, John, George e Ringo atravessando a faixa.
"Esta faixa de travessia de pedestres em Londres não é nenhum castelo ou catedral, mas, graças aos Beatles e a uma sessão fotográfica feita em dez minutos numa manhã de agosto de 1969, tem direito igual a fazer parte de nosso legado nacional," disse em comunicado John Penrose, ministro britânico do Turismo e do Patrimônio Histórico e Cultural.
A partir de agora a faixa de pedestres só poderá ser modificada com a aprovação das autoridades locais, que teriam que tomar uma decisão com base no significado histórico do local, sua função e sua condição.
O próprio estúdio Abbey Road ganhou status de patrimônio nacional protegido em fevereiro deste ano.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Paul McCartney fecha o ano com show em casa


O bom filho retorna à casa,assim foi o último show de Paul McCartney nesse ano fechando em Liverpool no dia 20 de dezembro no O2 Academy.Mais uma vez um set list bem diferente.Confiram o set list:
2. Magical Mystery Tour
3. Jet
4. Got To Get You Into My Life
5. All My Loving
7. Drive My Car
8. Let Me Roll It
9. The Long And Winding Road
10. Nineteen Hundred and Eighty Five
11. Don't Let The Sun Catch You Crying
12. Maybe I’m Amazed
13. Blackbird
15. I've Just Seen A Face
16. And I Love Her
17. Dance Tonight
18. Eleanor Rigby
19. Hitch Hike
20. Highway
21. Something
22. Band On The Run
23. Ob-La-Di, Ob-La-Da
24. Back In The USSR
25. A Day In The Life / Give Peace A Chance
26. Let It Be
27. Hey Jude
28. Day Tripper
29. I Saw Her Standing There
30. Get Back
31. Yesterday
32. Lady Madonna
33. Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band / The End

fonte:http://www.paulmccartney.com/news.php

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Filme sobre John Lennon na Tv

Quem tem o canal Telecine Cult vai passar dia 22 de dezembro às 18:30,o filme Os Estados Unidos contra John Lennon,um excelente filme que por incrível que pareça foi lançado em DVD no Brasil
mas sem legendas!!Recomendo pois depois de assistir esse filme,você vai pensar muito bem o que tem por trás da morte de John Lennon.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Paul McCartney Soundcheck no Hammersmith Apollo


Paul antes do show,fez sua passagem de som no Hammersmith Apollo e como sempre tocando músicas diferentes.Esse foi o setlist:
01. Blue Suede Shoes
02. Honey Don't
03. Jam (London Town never let me down)
04. Jam (instrumental)
05. Celebration
06. Don't Let The Sun Catch You Crying
07. C Moon
08. I want to (Come Home)
09. Flaming Pie
10. One After 909
11. Midnight Special
12. It's So Easy
13. I've Just Seen a face
14. Eleanor Rigby
15. Every Night
16. Sun is Shining
17. Highway
18. Sing the Changes
19. Patrushka
20. Dance Tonight

fonte:http://www.examiner.com/beatles-in-national/review-paul-mccartney-live-at-hammersmith-apollo-london-soundcheck

domingo, 19 de dezembro de 2010

Paul McCartney em grande noite no Hammersmith Apollo de Londres


Paul McCartney tocou ontem à noite 18 de dezembro no HMV Apollo, Hammersmith em Londres.Esse foi o set list:
1. Magical Mystery Tour
2. Jet
3. Got To Get You Into My Life
4. All My Loving
5. One After 909
6. Drive My Car
7. Let Me Roll It/Foxy Lady
8. The Long and Winding Road
9. Nineteen Hundred And Eighty Five
10. Maybe I'm Amazed
11. Blackbird
12. Here Today
13. I'm Looking Through You
14. And I Love Her
15. Petrushka (um pedaço de música estilo russo)
16. Dance Tonight
17. Eleanor Rigby
18. Hitch Hike
19. Sing The Changes
20. Something
21. Band On The Run
22. Ob-La-Di, Ob-La-Da
23. Back In The USSR
24. A Day In The Life/Give Peace A Chance)
25. Let It Be
26. Live And Let Die
27. Hey Jude
28. Wonderful Christmastime (com coro de criançar-no video acima)
29. I Saw Her Standing There
30. Get Back
31. Yesterday
32. Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band/ TheEnd

fonte:http://www.paulmccartney.com/news.php

Entrevista do Paul McCartney para o site oficial

PM.com colocou uma entrevista exclusiva com Paul no backstage após o show 100 Club,em Londres. Você pode ouvir a entrevista na íntegra aqui:



Parabéns por um grande show, como foi a sensação de tocar no 100 Club?
Parecia sabe...fantástico porque estamos voltando às raízes, me lembrou do Cavern e além, e foi muito bom. É um grande palco e sabe tão pouco ficamos felizes em ser parte da campanha para salvá-lo como um local porque ele é bom demais para perder, é um pouco grande em Londres central. Nós tivemos um grande momento. É ótimo tocar nos clubes pequenos e do público é tão de perto.Quero dizer esquecê-lo, é como se você está jantando com eles. Mas foi ótimo, foi muito legal e nós apreciamos isso sentimos que tocamos bem, e sentimos que o público respondeu bem assim fora o fato de que era uma hora depois que eu saí da cama, foi ótimo nos divertimos .

Assim, você poderá preencher praticamente qualquer estádio, qualquer área que você queria, então por que o show no clube?
Sabe, eu quero dizer é bom tocar nos estádios grandes, pois todos os que querem vê-lo podem entrar e é bom fazer um sho épico, mas voltando para baixo para um clube pequeno como é emocionante e realmente eu acho que a coisa estava sendo tocar num monte de estádio mostrando este ano que quisemos levar o tipo de coisa toda de volta para a Grã-Bretanha e têm um grande momento na Grã-Bretanha. Assim, nós viemos de volta ao Club 100 e que é tão pequeno quanto você pode conseguir, e é muito íntimo,divertido e muito bom e nós tivemos uma explosão.Quer dizer, eu não tenho tocado num show desde o Cavern, e toda a idéia de sair da cama e tentando se preparar para um show onde você está indo ter que cantar algumas notas muito altas é interessante e tivemos um grande momento.

E esse foi o seu show solo aparentemente menor?
Eu acho que provavelmente é sim, eu acho que o Cavern tinha mais do que o Club 100, mas é grande, esses lugares são pouco grande eu acho que todos gostaram da banda.

Então você acha que nós vamos ver uma turnê do clube no próximo ano?
Não, acho que em nenhuma palavra.

Ok bastante justo.
Tem sido um ano maravilhoso para você, obviamente você tem vários shows para ir terminar em Liverpool é que uma escolha consciente? Você está ansioso para voltar lá?
Sim, você sabe que é interessante porque o Club 100 e O2 Academy em Liverpool são dois shows onde meu filho James fez este ano, ele fez e sabe que estamos seguindo-o para os shows, mas é grande e quero dizer que eu amo voltar ao Liverpool porque é claro que é minha cidade natal que eu tenho um monte de parentes lá e depois fomos ao Brasil e Argentina e norte-americanos e foi em todo o lugar é bom voltar para casa e assim você sabe que nós voltar ao Liverpool e é apenas uma sensação boa no final do ano para trazer a coisa toda se sente como se estivesse indo num círculo completo, e então eu estou olhando para a frente, a banda está toda ansiosa para chegar até a Liverpool.

Você poderia escolher um momento ao vivo do ano? Tem sido um ano incrível ...
Tem sido um ano incrível, eu acho que você tem, eu iria pegar dois. Eu acho que São Paulo, 65.000 pessoas no primeiro show foi incrível o povo brasileiro ama sua música e por isso gostam de brincar com eles e foi um show de destaque. Foi um dos nossos melhores shows de sempre, e foi simplesmente brilhante, a platéia foi legal e tivemos uma grande noite. E então eu acho que você sabe que estivemos na sala leste da Casa Branca, menores, mas tão grande por causa do Obama e os convidados que estavam no programa, então tivemos uma grande noite lá também, então eu escolheria os dois .
Brilhante, muito obrigado

fonte:http://www.paulmccartney.com/news.php#/2114/2010-12

Paul McCartney diz que 1º show em SP foi um dos melhores da carreira

A passagem de Paul McCartney não será inesquecível apenas para os brasileiros que puderam acompanhar aos seus três shows neste ano. Em entrevista ao seu site oficial, o ex-Beatle afirmou que sua primeira apresentação em São Paulo, no dia 21 de outubro, está entre os melhores de sua carreira.
Perguntado se poderia citar dois grandes momentos de 2010, McCartney lembrou a sua apresentação na Casa Branca, quando ganhou o Prêmio Gershwin de Música Popular da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, e o primeiro show paulistano.
"Eu diria que [o show de] São Paulo, as 65 mil pessoas do primeiro show foram incríveis. Os brasileiros amam sua música e nós amamos tocar para eles, então foi um show único. Foi um de nossos top shows de todos os tempos, foi simplesmente brilhante. O público estava insano e tivemos uma ótima noite", elogiou.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Thank You Harlem!


Paul colocou em seu site um video com os melhores momentos no Apollo Theater agradecendo ao Harlem.

Paul McCartney esquentou o 100 Club


Honey Hush from maccablog media on Vimeo.
Paul estava com muita energia nesse pequeno espaço no 100 Club onde ele tocou ontem à tarde dia 17 de dezembro em Londres.
Tudo começou as 1:00 da tarde com Paul pedindo desculpa que estava atrasado devido ao trânsito. Funcionários no Clube 100 foram muito desorganizados, pelo menos, o pessoal da segurança.
Muitos reclamaram do calor que estava dentro do clube.Esse foi o set list:
1. Matchbox
2. Magical Mystery Tour
3. Jet
4. Drive My Car
5. All My Loving
6. One After 909
7. Hi Ho Silver
8. Let Me Roll It
9. The Long And Winding Road
10. Nineteen Hundred and Eighty Five
11. Maybe I'm Amazed
12. Don't Let The Sun Catch You Crying
13. Blackbird
14. Calico Skies
15. I'm Looking Through You
16. And I Love Her
17. Dance Tonight
18. Eleanor Rigby
19. Hitch Hike
20. Band on the Run
21. Ob-La-Di, Ob-La-Da
22. Let It Be
23. Hey Jude
24. Yesterday
25. Get Back
26. Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band / The End
Paul aceitou um presente aproximadamente na metade do show do apresentador um Little Richard de 45 RPM de "Shake a Hand" para o qual ele agradeceu o.Também uma novidade legal foi a tentativa de conseguir um autógrafo, mas trazendo seu IPAD, levantando a tela para cima para revelar as palavras "Por favor Paul assine meu IPAD!" com uma linha reta e um X,lugar onde assinar. O pedido não foi concedido, mas Paul fez menção sobre a tecnologia de hoje.

fontes:http://www.examiner.com/beatles-in-national/paul-mccartney-at-the-100-club-an-inside-report-with-pictures e http://www.paulmccartney.com/news.php#/2112/2010-12

Paul McCartney feliz com o iTunes

Sir Paul McCartney falou de seu prazer do catálogo dos Beatles estarem finalmente no iTunes.
Após anos de negociações entre a EMI e a Apple, a música da banda tornou-se disponível no serviço de música no mês passado.
McCartney disse ao Liverpool Echo: "Eu acho que as pessoas achavam que éramos nós que estávamos impedindo, mas isso foi as gravadoras.Nós sempre quisemos que fosse para o iTunes Se essa é a maneira como as pessoas estão ouvindo agora, então isso é ótimo... "
"Essa é a coisa mais surpreendente sobre as coisas dos Beatles. Quando estávamos nos Beatles pensamos que nossa popularidade durasse 10 anos. Durou até mais do que isso, e agora é apenas louco. Há toda uma nova geração lá fora ouvindo essas músicas. "
Comparando-o aos seus hábitos musicais enquanto crescia, ele acrescentou: "Outro dia eu estava tentando pensar o que deve ser um adolescente e agora quem gosta dos Beatles eu suponho que é como eu estivesse ouvindo Nat King Cole, quando eu era uma criança. "

fonte:http://www.digitalspy.co.uk/music/news/a293816/paul-mccartney-pleased-with-itunes-deal.html

Estádio chileno está reservado para Paul McCartney em abril, diz jornal

Após três shows no Brasil e dois na Argentina em novembro, Paul McCartney pode voltar a tocar na América do Sul em 2011. O jornal chileno "La tercera" confirmou que o Estadio Nacional, localizado em Santiago, capital do Chile, tem o dia 14 de abril reservado para uma apresentação do músico.
Mesmo com a data agendada, ainda não foi confirmada a apresentação. Em entrevista publicada pelo jornal, Jorge Ferrand, diretor da produtora peruana Pro Art, assegurou que as negociações estão avançadas com os representantes de McCartney.
Problemas de agenda impediram que Paul tocasse no Chile no mais recente giro sul-americano. O show em Santiago aconteceria no dia sete de novembro, data em que ele acabou se apresentando em Porto Alegre. Ainda não foram divulgados mais detalhes sobre a nova turnê pela América do Sul e sobre a inclusão do Brasil.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Paul McCartney no Brasil na Multishow

O canal Multishow vai reprisar o especial de 1 hora,Paul McCartney no Brasil,o melhor da 1ª apresentação no Morumbi no dia 19 de dezembro às 22:00.Quem ainda não assistiu não perca!

fonte:http://multishow.globo.com/Programacao/horarios.shtml#19-12-2010

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Paul McCartney disponibiliza um cena que não foi ao ar do Saturday Night Live


Paul McCartney colocou em seu site uma cena que não foi ao ar no programa Saturday Night Live no dia 11 de dezembro.Você assistir no final onde mostra pessoas buscando um emprego e no fim do video aparece Paul dizendo está desempregado.E embaixo você pode fazer um download desse video e salvar no seu computador.


 
fonte:http://www.paulmccartney.com/news.php#/2106/2010-12

Ingressos para o show de Paul McCartney no 100 Clube esgotados em segundos

O Show mais íntimo de Paul neste século se esgotaram em poucos segundos, às 10 horas de hoje. Um anúncio surpresa foi divulgado ontem que Paul e sua banda iriam tocar em um show na hora do almoço no histórico 100 Club nesta sexta, 17 de dezembro.
Paul disse: "Estamos realmente ansiosos para o show Eu nunca toquei no The 100 Club, antes e é ótimo estar tocando em um local com tanta história grande que já viu tantos shows brilhante ao longo dos anos..
Uma das razões para tocar no 100 Club, além de tocar em um pequeno clube, é assim que podemos ser parte da campanha para ajudar a manter o local aberto para uma nova geração de artistas em ascensão, como eu! "
Aqueles com sorte suficiente para ter posto as mãos em um dos bilhetes irão uma vez na vida uma experiência de presenciar um dos ícones mais amados do mundo em seu desempenho individual cada vez menor,isto é,ver Paul McCartney e a banda tocando na frente ou do seu lado já que serão para apenas 300 sortudos.

Esses serão os shows do fim do ano:
Sexta-feira, 17 de dezembro Almoço no 100 Club, Londres
Sábado, 18 de dezembro Live at the Apollo - Apollo HMV, Hammersmith, Londres
Segunda-feira, 20 dezembro Live at the Academy - Academy O2, Liverpool

Comentário:
De acordo com informações do site do estádio monumental do Chile estaria reservado para abrirl de 2011,uma data para o show de Paul McCartney.Vamos aguardar pois por enquanto são rumores

fonte:http://www.paulmccartney.com/news.php

Raro video dos Beatles da turnê de 1966


Para lembrar dos 30 anos sem John Lennon,o o Channel 4 News Archive,o pesquisador Ian Searcey desenterrou uma entrevista rara da ITN com a banda na sua turnê nos Estados Unidos ,de 1966.
Os Beatles chegaram aos Estados Unidos para a sua turnê (e final), terceiro em agosto de 1966 para enfrentar uma tempestade de críticas da direita religiosa sobre as observações de John Lennon que tinha feito em Março, para Evening Standard à jornalista Maureen Cleave no sentido de que os Beatles eram mais importante para as crianças naquele momento que Jesus fez.
Para o "cinturão bíblico" nos Estados Unidos, as observações impressas,de algum tempo depois e levado para fora do contexto de todo o artigo, tornou-se o famoso "Os Beatles são maiores que Jesus" e, apesar de citar retratações, desculpas e explicações, a turnê seria atormentado com ameaças de morte, as alegações de assentos vazios, os protestos fora dos locais e fãs sendo incentivados a queimar os registros em enormes fogueiras.
Após três anos de gravação agitada e horários de turismo e já tendo sido ameaçado e praticamente tratado pela polícia de Manila, após um show nas Filipinas, quando o grupo foi acusado de desprezar a presidente Marcos e sua família, as tensões e pressões da fama e da Beatlemania eram, obviamente, estavam começando a dizer sobre o Fab Four que estavam cada vez mais desiludidos.
Cansado de viver em um aquário de mídia que quis dizer cada palavra que disse, no entanto irreverente, era constantemente se debruçaram sobre por uma imprensa voraz e percebendo que a crescente sofisticação dos álbuns Rubber Soul e Revolver significaram que a sua música foi ficando mais difícil e mais difícil de reproduzir no palco (não que os adolescentes que estavam gritando estivessem ouvindo!), Lennon e Harrison, em particular, estavam desesperados para abandonar a vida na estrada e se concentrar no estúdio de gravação.
Estes são extractos de um relatório da ITN em 66 um documentário em que Richard Lindley, olhou para o pano de fundo os protestos e se juntou à banda em sua turnê pelos Estados Unidos para obter o seu ponto de vista da situação.
Uma clara preocupação de Paul McCartney que fez corajosas tentativas de acalmar as coisas e manter em perspectiva, enquanto um Lennon obviamente infeliz dá suas opiniões sobre política, liberdade de expressão, perturbando monges e as crescentes críticas da banda.

Comentário:
Depois de 40 anos,nada mudou e a igreja sem entender o que John falou,disse a besteira que perdoava Lennon pelo o que ele disse.Eita gente cega!

fonte:http://www.channel4.com/news/glimpse-at-rare-beatles-film-30-years-since-lennon-died

Yoko revelou um sentimento de culpa pela morte de Lennon

Trinta anos depois do ex-Beatle morrer, aos 77 anos, fez sua entrada surpreendente na edição de janeiro da revista Esquire dos Estados Unidos.
Ela disse à revista: "Há dentro de mim esse sentimento de culpa porque eu não consegui pará-lo."
Lennon foi morto a tiros em Nova York, em 08 de dezembro de 1980.
Obcecado fã ASSASSINO ainda está na prisão pelo assassinato do cantor.Yoko Ono disse que não vai descartar as teorias de conspiração sobre quem estava por trás da morte do marido.
A viúva de Lennon não quis entrar em detalhes, mas ela disse: "Existem teorias de conspiração. Eu não estou dizendo que foi definitivamente apenas uma pessoa perturbada. "
Falando sobre a morte de Lennon e seus esforços para preservar seu legado, Ono diz: "Obviamente, isso era uma coisa muito negativa para eu perder um parceiro tão bom.
Ele era muito bom. Ele tinha uma força muito forte e bonita e de proteção para mim. Mas suas palavras e sua música ainda estão aqui. Ele ainda vai afetar as pessoas ... "
Ela acrescenta: "Eu tenho um grande trabalho para além da música:. manter sua voz... Foi um desperdício que ele tinha de ir quando tinha 40 anos"

fonte:http://www.musicrooms.net/rock-and-pop/21966-Yoko-Ono-reveals-%E2%80%9Cfeeling-of-guilt%E2%80%9D-over-John-Lennon%E2%80%99s-death.html

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Paul McCartney anuncia show íntimo em Londres

Paul McCartney anunciou um show muito íntimo para sexta-feira (17 de dezembro) no 100 Club, em Londres. Os ingressos estarão à venda na quarta-feira, às 10:00am horas, ao preço de £ 60, são limitados a dois bilhetes por pessoa. National 24hr ticket hotline 08442 48 50 77 ou on-line em www.ticketmaster.co.uk.
Além disso, McCartney anunciou bilhetes extras que estão sendo colocados à venda para os dois shows esgotados no Reino Unido na HMV Apollo e Liverpool O2 Academy em 18 de dezembro e 20.Ambos esgotados instantaneamente quando os bilhetes foram postos à venda na semana passada.
De acordo com um comunicado de imprensa emitido por McCartney, ele interveio pessoalmente e pediu que uma parte de sua própria atribuição de bilhetes possa ser lançados para os fãs em seu lugar.
Os ingressos extras já estão à venda e podem ser comprados chamando o National 24hr ticket hotline 24h 08442 48 50 77 ou on-line em www.ticketmaster.co.uk

Os detalhes completos dos bilhetes:
• Sexta-feira 17 de dezembro - 100 Club, Londres. Os ingressos com preços: de pé £ 60,00
• Sábado, 18 de dezembro - Live at the Apollo, Apollo HMV, Hammersmith, em Londres. Os ingressos com preços: permanentes £ 60,00; círculo reservado assento £ 125,00.
• Segunda-feira 20 de dezembro - Live at the Academy, Liverpool O2 Academy. Os ingressos com preços: de pé £ 50,00. Nacional hotline 24h bilhete 08442 48 50 77 ou on-line em www.ticketmaster.co.uk

fonte:http://www.examiner.com/beatles-in-national/paul-mccartney-announces-brand-new-very-intimate-london-show e www.paulmccartney.com

Especial sobre John Lennon hoje no Multishow


Hoje,quarta feira dia 15 de dezembro,a Multishow vai passar nos 30 anos sem John Lennon,o documentário Love is All you Need,apesar que no site não infoma qual será,mas no domingo foi esse que passou.
Vale a pena assistir...hoje às 14:30 no Multishow...não percam.

fonte:http://multishow.globo.com/Programacao/horarios.shtml#15-12-2010