quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Irmã de George Harrison irá lançar um livro contando as verdades

Irmã de George Harrison Louise Harrisonvai quebrar o silêncio pela primeira vez, lançando um livro contando tudo sobre a vida com a lenda dos Beatles.
O guitarrista falecido, que morreu há 10 anos na terça-feira, foi um dos quatro irmãos, e por anos Louise foi instada a caneta um tomo detalhando suas experiências crescendo com a estrela.
Agora ela finalmente cedeu e montar um livro com suas memórias do roqueiro, cartas e nunca antes visto fotos de seu álbum de família.
E ela é inflexível seu trabalho, com lançamento previsto para 2012 ou 2013, irá de alguma forma a dissipar os "mitos e fantasias" em torno da história dos Fab Four.
Louise, que vive em Branson, Missouri, diz ao Sarasota Herald-Tribune ", tanto lixo tem sido escrito sobre George e dos Beatles.Metade do material foi escrito por pessoas que passaram talvez uma hora em um avião com os Beatles. agora eu acho que é meu dever obter a verdade.
"Há todos os tipos de mitos e fantasias escrito sobre eles, pelo menos, eu tenho alguns fatos para continuar, porque eu estava lá -. Partir mesmo antes eles eram os Beatles."

fonte:http://www.calgarysun.com/2011/11/29/beatles-sister-pens-tell-all-book

Amplificador usado por George Harrison vai a leilão

Um amplificador usado por George Harrison durante sessões de gravação para os álbuns dos Beatles 'Revolver' e 'Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band' deverá arrecadar entre 50 e 70 mil libras (80 e 110 mil dólares) em um leilão no mês que vem.
O raro set de amplificador Vox UL730 será oferecido pela Bonhams, de Londres, no dia 15 de dezembro.
De acordo com a casa de leilões, a conexão de amplificador com o 'Fab Four' foi descoberta apenas recentemente, quando um engenheiro que foi consertá-lo percebeu o nome 'George Harrison' arranhado no chassis.
Pesquisas realizadas depois indicaram que o amplificador pertenceu a Harrison, guitarrista dos Beatles, morto em 2001.
'Pouquíssimos amplificadores usados pelos Beatles já foram a leilão, e encontrar um usado em dois álbuns tão significativos é verdadeiramente raro e excitante', disse Stephen Maycock, consultor da Bonhams.

fontes:http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2011/11/amplificador-usado-pelos-beatles-vai-a-leilao.html ou http://www.guitarworld.com/george-harrisons-newly-discovered-vox-ul730-amp-be-sold-auction#slide-1

terça-feira, 29 de novembro de 2011

10 Anos sem George Harrison - O Jornal Nacional falou sobre a sua morte no dia

A corbetura completa do Jornal Nacional do dia da morte de George Harrison. O jornal dá o merecido destaque para um dos maiores músicos do século XX.
Esta edição do Jornal Nacional é de 30/11/2001.

10 Anos sem George Harrison - O dia que George tentou aprender Aquarela do Brasil

No Jornal Nacional falou no dia sobre a morte de George Harrison e mostrou uma reportagem bem interessante de um brasileiro ter conhecido George.
Esse brasileiro é o cantor Marcelo que conheceu George por meio de Jim Capaldi. Amigo dos dois o ex-integrante do Traffic levou Marcelo a uma festa na casa do ex- beatle, a partir daí, voltaram outras vezes para tocar juntos o brasileiro solicitou a base da canção. O inglês lançou-lhe um olhar maroto e disse "Você pode fazer isso melhor com um tempero brasileiro". George ia participar da gravação da música, mas problemas de saúde e a morte do cantor interromperam o projeto. "Cheguei a mandar-lhe uma cópia e disse que gostou".
Na reportagem acima mostra um video raríssimo que o cantor Marcelo participa de uma sessão onde ele e George tocam banjos e numa hora George tenta aprender as músicas Fascinação e Aquarela do Brasil.

10 Anos sem George Harrison - Paul McCartney falou sobre a sua morte

Aqui está a reação de Paul McCartney à morte de George Harrison. Este foi filmado em sua propriedade em Sussex. Os repórteres estavam reunidos em frente à entrada longa para a sua fazenda.

10 Anos sem George Harrison - A CBS anunciou a morte de George Harrison

De 29 de novembro de 2001, aqui é o CBS Evening News, com a trágica notícia de que Beatle George Harrison morreu.

10 Anos sem George Harrison - Entertainment Tonight falou sobre George Harrison

No dia 30 de novembro de 2001,data que foi anunciada para a imprensa a morte de George,o canal Entertainment Tonight falou sobre a vida de George Harrison.

10 Anos sem George Harrison - Canal TVN falou sobre a morte de George Harrison

O canal TVN do Chile relatou na época,a morte de George Harrison

Eventos em Liverpool irão marcar os 10 anos desde a morte de George Harrison

Dez anos desde que George Harrison morreu, Liverpool irá se unir para celebrar a sua vida.
Através de três eventos de amanhã, a cidade vai comemorar o ex-Beatle, que morreu de câncer de pulmão em 29 de novembro de 2001.
"Liverpool vai pagar um tributo musical especial ao seu filho amado durante todo o dia", disse o organizador Denise Theophilus.
Haverá um curto na Catedral de Liverpool 11:30.
"As pessoas estão convidados a trazer uma flor ou um símbolo de paz em papel, com uma oração apropriada escrito nele como amor e paz que foram os preceitos mais valiosos de George", acrescentou Ms Theophilus.
Em duas horas a cidade será palco do Free Concert For George no Salão de St. George. Na presença do prefeito, faixas marcando diferentes épocas da vida de George estarão no local.
Os atos incluem Jeff Slate (do Badge), Christian Lee (de Smilex), Singh Strings and The Rebels, Tsema, The Liverpool Ukelele Orchestra, The Mersey Beatles e Andre Barreau (George do Bootleg Beatles).
"Para este concerto que eu estou fazendo algo completamente novo e olhando para os anos pós-Beatle de George na música", disse Andre. "Eu vou estar fazendo Give Me Love and My Sweet Lord, entre outros. Denise também me pediu para fazer Handle With Care de seus dias no Traveling Wilbury, por isso vou ter que ser Roy Orbison também.
"Eu tive a sorte de passar uma noite com ele. Ele estava na festa de aniversário de Dave Gilmour e ele veio conversar com nós. Ele era grande e passou a noite toda com a gente, apresentando-nos aos seus amigos. Foi um privilégio conhecê-lo, assim como tem sido a de tocar a sua música de todos estes anos. Eu acho que este concerto vai ser um emocional para todos nós. "
Os Hare Krishnas vão pagar sua própria homenagem a George no evento.
A celebração final será um tributo musical no The Cavern, a partir das 08:00 da noite.
Para obter detalhes sobre qualquer um dos eventos www.forgeorge.co.uk .

fonte:http://www.liverpoolecho.co.uk/liverpool-entertainment/the-beatles/the-beatles-news/2011/11/28/liverpool-to-mark-10-years-since-george-harrison-s-death-100252-29853635/2/

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Paul McCartney se apresentou em Milão

Paul McCartney se apresentou ontem à noite em Milão para o 2º show na Itália no Mediolanumforum.
Nesse show abriu com Hello Goodbye e tocou mais uma vez as surpresas do set list dessa turnê como Come and Get It,The Word e All You Need is Love.
Essas foram as músicas:
1. Hello Goodbye
2. Junior's Farm
3. All My Loving
4. Jet
5. Drive My Car
6. Sing The Changes
7. The Night Before
8. Let Me Roll It/Foxy Lady
9. Paperback Writer
10. The Long And Winding Road
11. Come And Get It
12. Nineteen Hundred And Eight-Five
13. Maybe I'm Amazed
14. I've Just Seen A Face
15. I Will
16. Blackbird
17. Here Today
18. Dance Tonight
19. Mrs. Vanderbilt
20. Eleanor Rigby
21. Something
22. Band On The Run
23. Ob-La-Di, Ob-La-Da
24. Back In The USSR
25. I've Got A Feeling
26. A Day In The Life/Give Peace A Chance
27. Let It Be
28. Live And Let Die
29. Hey Jude
30. The Word / All You Need Is Love
31. Day Tripper
32. Get Back
33. Yesterday
34. Helter Skelter
35. Golden Slumbers/Carry That Weight/The End

Próximo show será quarta feira dia 30 de novembro em Paris...

fonte:http://www.maccareport.com/

domingo, 27 de novembro de 2011

O retorno de Paul McCartney à Itália

Flash Required

Flash is required to view this media. Download Here.

"É bom estar aqui pela primeira vez.Olá Bolonha, como vão vocês?". Paul McCartney cumprimentou as 12 mil pessoas no Unipol Arena Casalecchio di Reno (Bologna), em que ele abriu, cantando Magical Mystery Tour, a turnê On The Run em 2011 (outro local italiano em Milão domingo, 27 de novembro), que vai acabar Liverpool em seu 20 de dezembro de 2011.
Em um terno preto brilhante e estilo camisa branca coreana, preparou e ostentando com seu baixo Hofner uma música ainda poderosa como poucos corações,se aqueceu e as almas de uma platéia de fãs jovens e velhos,que correram para a primeira etapa de sua turnê notável.

Paul McCartney inicia a turnê pela Europa em grande noite em Bolonha na Itália

Paul McCartney se apresentou ontem à noite em Bolonha na Itália no Unipol Arena abrindo de forma incrível a sua On The Run Tour pela Europa tocando 3 músicas novas.Ele executou a música que fez na época do Abbey Road em 1969 para o Badfinger e saiu oficialmente em um álbum dos Beatles no Anthology volume 3 de 1996 que é a demo onde tocou todos os instrumentos.
Esse foi o setlist:
1. Magical Mystery Tour
2. Junior's Farm
3. All My Loving
4. Jet
5. Got To Get You Into My Life
6. Sing The Changes
7. The Night Before
8. Let Me Roll It/Foxy Lady
9. Paperback Writer
10. The Long And Winding Road
11. Nineteen Hundred And Eight-Five
12. Come And Get It
13. Maybe I'm Amazed
14. I'm Looking Through You
15. And I Love Her
16. Blackbird
17. Here Today
18. Dance Tonight
19. Mrs. Vandebilt
20. Eleanor Rigby
21. Something
22. Band On The Run
23. Ob-La-Di, Ob-La-Da
24. Back In The USSR
25. I've Got A Feeling
26. A Day In The Life/Give Peace A Chance
27. Let It Be
28. Live And Let Die
29. Hey Jude
30. The Word / All You Need Is Love
31. Day Tripper
32. Get Back
33. Yesterday
34. Helter Skelter
35. Golden Slumbers/Carry That Weight/The End
E tocou também pela primeira vez as músicas The Word e All You Need is Love ao vivo!
Próximo show será hoje em Milão.

Colaboração:Eric Bourgouin correspondente do Canadá

fontes:http://www.ilmessaggero.it/articolo.php?id=171249# e http://www.ilrestodelcarlino.it/bologna/cronaca/2011/11/26/627167-mccartney_concerto.shtml

Mensagem de Paul McCartney para os fãs em Bolonha

Paul McCartney colocou ontem em seu canal oficial do Youtube uma mensagem para os fãs em Bolonha na Itália.

Thanks Craig

Paul McCartney se prepara para o show em Bolonha

Paul McCartney saiu do hotel Majestic em Bolonha para o Unipol Arena no fim da tarde.

sábado, 26 de novembro de 2011

Novo site oficial de Paul McCartney

Hoje você pode encontrar um novo site oficial de Paul McCartney.Fãs são encorajados a se cadastrar para receber novidades e promoções, bem como acesso gratuito ao site.
Para os fãs mais fanáticos, onde você pode ser um "Premium Membership" com conteúdo mais exclusivo que requer uma taxa.
Por $ 50 mais $ 10 de transporte e manuseio que você recebe com um (1 ano) membro Premium: uma camiseta, uma palheta, uma litografia, 4 crachás, um cartão de membro e carta. Além de um download do Live at Hyde Park (inclui Hey Jude, Day Tripper, Band On The Run & Live and Let Die) e um download de um álbum de sua escolha a partir da lista disponível.Os downloads são de alta qualidade 320 kbps mp3.
Você também terá acesso a:
*Pode escutar Áudio Inteiro
*Assistir Vídeos com qualidade HD
*Conteúdo de acesso Premium & loja premium
*Acesso a Pré vendas de tickets
*Deixar opiniões de vídeo para as datas dos shows e álbuns
*Publicar Photos & Videos
*Contribuir para o Blog do Fã
*Dedicar músicas no jukebox
*Baixar Jukerbox para o seu desktop
*Upload de suas mixagens

Confira!

fonte:http://www.maccareport.com/

João Paulo Petersen é humilhado e agredido quando foi assistir show de Ringo no Rio de Janeiro

Amigo beatlemaníaco,imagine você ir ao show de Paul McCartney no Engenhão ou do Ringo Starr no Citibank Hall e para se locomover até o show temos que passar pela nossa via sacra com o PÉSSIMO transporte no Rio de Janeiro,onde vai receber em 2014 e 2016,grandes eventos esportivos.Ruas cheias de buracos,ónibus maus equipados e sem conforto,táxi onde o cidadão não sabe qual é o pirata ou o verdadeiro,sinais de trânsito que às vezes funciona,motoristas de ónibus sem noção de leis de trânsito e se achando um Ayrton Senna,calçadas onde tem de tudo menos aonde se andar e pisar,placas nas ruas que não levam a lugar nenhum,tráfego congestionado onde é mais rápido ir do Rio para Petrópolis do que chegar na Barra.Imaginou?toda essa tortura?
Pois bem!então imagine você sendo um grande fã beatlemaníaco e ter que passar por tudo isso numa cadeira de rodas!?
E depois de pagar o ingresso e sofrer para chegar até o lugar numa cadeira de roda e cai uma chuva de acabar o mundo e você quer ficar abrigado,mas um maluco chega para você e diz que não pode e ter que ficar debaixo da chuva numa cadeira de roda!
Sem dizer que até a hora do show começar,você é tratado como um bosta!Ai você pensa,nossa!! foram bandidos?não!foram skinheards!não!foram deliquentes?não!foram trombadinhas?não!
Então quem foi?
Foi pela TIME FOR FUN,empresa responsável pelo show que foi paga para atender e dar conforto e a “administração” do Shopping Via Park que fez isso e muito mais ao João Paulo Petersen,pesquisador, consultor e crítico musical, editou e gerenciou o Yellow Submarine, o primeiro site-shop especializado em Beatles da América Latina,onde comprei e não tive problema!
Quer saber mais do que ele sofreu,leia no http://esquinadosbeatles.blogspot.com
Amigo Beatlemaníaco!pense bem em quem votar pois o próximo pode ser você pode eles liberam $fácil-fácil$ um alvará de funcionamento aqui no Rio de Janeiro,só se você quer se divertir com lojas e bueiros explodindo!

Lista de tarefas de John Lennon vai a leilão

John Lennon teve um dia cheio em 22 de maio.
Uma listas de tarefas de John Lennon estará em breve em leilão a partir de 3.000 dólares em Nova York na loja da Gotta Have Rock and Roll.
Não há informações concretas sobre a data e o ano da lista, além de um vermelho rabiscado no dia 22/05, no canto superior, mas além da razão é o único dos livros de Pierre Trudeau que foi primeiro ministro do Canadá, publicado antes do assassinato de Lennon em 1980.
"Este é um abraço extraordinariamente grande de John Lennon, um dos meus heróis pessoais", disse Margaret Trudeau. "Como divertido fazer parte de sua vida do dia-a-dia."
Margaret Trudeau diz que seu interesse pelo livro onde tem a lista aparentemente foi menos a ver com ela e mais a ver com Pierre. "No final dos anos 60 Pierre estava em Montreal, e eles conversaram sobre a paz mundial. Pierre pensou que John era muito iluminado e acho que o sentimento era mútuo."
Trudeau não estava sozinho na lista de leitura de Lennon naquele dia. Ele também tinha Blue Mystery: The Story of the Hope Diamond by Susanna Steinem Patch anotado - uma história dos donos do amaldiçoado diamante azul indiano. Ele também queria um livro do explorador norueguês Thor Heyerdahl a ser retornado.
Para a maior parte, a lista parece ser menos um conjunto numerado de tarefas do que uma conversa sarcástica do cantor.
"Seria uma boa idéia para certificar-se de ambos os carros têm tanques de gás cheio?", Diz um rabisco.
Então não era o seu dilema estilo misterioso: "Conte-me sobre o meu secador de cabelo? Sim ou não? "
É um trecho da história de Trudeau que é grato a ser uma parte.
"No final é isso que é tudo sobre: as pequenas coisas que você faz ou espero fazer", disse ela. "Você faz as listas das pessoas que você gostaria de encontrar, os livros que deseja ler, lugares que você quer ir. Esperemos que temos de cumprir todas as nossas listas de tarefas. John não teve a chance. "

fonte:http://www.thestar.com/news/canada/article/1092355--margaret-trudeau-book-lands-on-john-lennon-s-to-do-list?bn=1

Paul McCartney chegou em Bolonha e faz show hoje na Itália

Paul McCartney já está em Bolonha, na Itália, onde se apresentará na noite de sábado (26), no Unipol Arena di Casalecchio di Reno.
O show dará início à turnê europeia de 2011 que terminará em Liverpool, em 20 de dezembro, e passará por Paris, Londres, Milão, Estocolmo e Manchester. McCartney chegou em um avião particular vindo de Londres e está hospedado no Grand Hotel Majestic, no centro da cidade. Será a primeira vez que um ex-beatle se apresentará em Bolonha.
O repertório do show, para o qual os ingressos estão esgotados, ainda é um mistério. O ídolo pop, que preferiu não atender a imprensa nem antes e nem depois de entrar nos palcos, divulgará a set list somente depois do último ensaio com a banda. A organização não sabe nem qual música italiana ele cantará, já que havia dúvidas entre "Volare" e "O sole mio".

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Novo álbum de Ringo Starr será em janeiro de 2012

Relatos não confirmados dizem que novo álbum de Ringo Starr, com o simples título de "Ringo 2012", será lançado nos EUA em 24 de janeiro pela Hip-O Select Records.
O álbum estava em produção por algum tempo e foi mencionado pela primeira vez no início deste ano. Mas esta é a primeira menção de uma possível data de lançamento.
Ringo Starr e All-Starr Band acabaram de concluir uma turnê de 10 datas pelo México e América do Sul. Em setembro,Ringo estava pensando em outra turnê pelo os EUA.

fonte:http://www.examiner.com/beatles-in-national/report-new-ringo-starr-album-coming-january

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Álbum Thirty Three & 1/3 de George Harrison fez 35 anos

Thirty Three & 1/3 (estilizado como Thirty Three & 1/ na capa do álbum) é um álbum de George Harrison lançado em 19 de novembro de 1976. Como seu primeiro lançamento em seu seu selo Dark Horse, Thirty Three & 1 / 3 foi cheia de infortúnios durante a sua produção, mas Harrison ainda conseguiu entregar um de seus álbuns mais célebres.

História
Depois de satisfazer o seu contrato com a EMI com o álbum Extra Texture (Read All About It),Harrison assinou de imediato com a Dark Horse, que ainda estava em distribuição com a A & M Records. Uma parte do seu acordo era que Harrison iria entregar seu novo álbum até 25 de Junho de 1976. Infelizmente, Harrison estava doente com hepatite e só foi capaz de começar a gravar o disco no final de maio. Não querendo apressar seu álbum de estréia em seu próprio selo, Harrison adiou a A & M, dizendo-lhes que o álbum estaria pronto quando ele estivesse pronto. Mas com outros artistas da Dark Horse que já não iam tão bem, e estrela de Harrison em declínio, a A & M decidiu que queria retirar o selo e prontamente processou Harrison por atraso na entrega de Thirty Three & 1/3 em setembro.Dentro de semanas, Harrison tinha movido tanto a Dark Horse e a si mesmo ao longo de Mo Ostin e Warner Bros Records, que eram mais do que satisfeitos em tê-lo, e Thirty Three & 1/3 e seu o seu single, "This Song" o otimista e sardônico mandou para  "He's So Fine" versus "My Sweet Lord" sobre o processo judicial (que Harrison perdeu em 1976) foram ambos lançados em novembro daquele ano.
Nomeado para o fato de que ele tinha 33 anos e um terço durante a sua gravação (assim como é a velocidade com que o álbum de vinil seria tocado), Thirty Three & 1/3 de Harrison deu seu mais forte desde dos comentários de All Things Must Pass, incluindo muitas músicas positiva e fortes.Ficou claro que, apesar de seus males legais, Harrison não permitiu que sua má sorte levasse para baixo.
Infelizmente, os danos que previamente percebidos em álbuns medíocres tinham infligido,se mostrou irreversível, e enquanto Thirty Three & 1 / 3, na verdade vendeu tanto como Dark Horse e Extra Texture (Read All About It) nos Estados Unidos, atingiu um pico menor,em  # 11 e indo ouro e vendendo cerca de 800.000 cópias. No Reino Unido, ela apenas chegou ao # 35. Enquanto o single dos EUA "Crackerbox Palace" fez o Top 20 (e "This Song" # 25), sem singles do Reino Unido viram qualquer ação no gráfico. Na realidade, Harrison não poderia importar menos sobre seu recorde de vendas neste momento. uma pessoa privada, começou a recuar mais da indústria da música como a década de 1970 chegando ao fim e imergindo-se em filmes e atividades de lazer.
A promoção de Harrison foi importante para Thirty Three and 1/3 fquando fez uma aparição com Paul Simon como convidado musical no Saturday Night Live em 20 de Novembro de 1976, e em alguns dos sketches da série de comédia. A dupla cantou "Here Comes the Sun" e "Homeward Bound" juntos no programa. (A performance ao vivo de Harrison-Simon de "Homeward Bound" foi incluída no álbum de 1990 de vários artistas para caridade,Nobody's Child: Romanian Angel Appeal  e também é encontrada em The Essential Paul Simon, o melhor de Paul Simon lançado em 2007 sobre o bônus DVD). Os vídeos promocionais de "Crackerbox Palace" e "This Song", ambos dirigidos por Eric Idle, estrearam no mesmo episódio.
Em 2004, Thirty Three and 1/3 foi remasterizado e relançado separadamente e como parte da caixa deluxe The Dark Horse Years 1976-1992 na Dark Horse com nova distribuição pela EMI, acrescentando a faixa bônus "Tears of the World", um outtake de 1980 das sessões para Somewhere in England.
Faixas:
1. "Woman Don't You Cry for Me" - 3:18
Originalmente escrita em 1969
2. "Dear One" - 5:08
3. "Beautiful Girl" - 3:39
Música começou em 1969 e acabou para Thirty Three & 1 / 3
4. "This Song" - 4:13
Comentário de Harrison sobre o caso infame de violação de direitos autorais contra o "My Sweet Lord"
5. "See Yourself" - 2:51
Originalmente escrita em 1967
6. "It's What You Value"- 5:07
Escrito durante a turnê em 1974 na América.
7. "True Love" (Cole Porter) -. 02:45
8. "Pure Smokey" -. 03:56
Tributo segundo Harrison para Smokey Robinson
9. "Crackerbox Palace" -. 03:57
Crackerbox Palace é o nome de uma mansão de Los Angeles de propriedade de Lord Buckley
10. "Learning How to Love You" - 4:13
Dedicado a Herb Alpert e destinados a Alpert para gravar

Para o lançamento em 2004 na versão remasterizada digitalmente, uma faixa bônus foi adicionado:
11."Tears of the World" – 4:02
Músicos
George Harrison - vocais, guitarras, sintetizadores, percussão
Willie Weeks - Baixo
Alvin Taylor - Bateria
Gary Wright - Teclados
Richard Tee - Piano, órgão, Fender Rhodes
Billy Preston - piano, sintetizador,
David Foster - Fender Rhodes, clavinet
Tom Scott - saxofone, flauta
Emil Richards - Marimba

No outro blog,tem 5 videos relacionados ao álbum:
http://thebeatlesmovies.blogspot.com/

fonte:http://en.wikipedia.org/wiki/Thirty_Three_%26_1/3

Beatlemaníacos fizeram a festa para receber Ringo Starr em Recife

Recife foi a única cidade do Nordeste que recebeu o show do ex-integrante dos Beatles, o cantor e baterista Ringo Starr. A apresentação vai ficar guardada, para sempre, na memória e no coração do público.
Enquanto aqui no Rio de Janeiro,a imprensa se preocupou em invadir a privacidade da Britney Spears.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Placa comemorativa dos 50 anos do primeiro show dos Beatles em New Brighton

Uma placa marcando 50 anos desde que os Beatles tocaram no Tower Ballroom em New Brighton foi revelado pelo homem que trouxe as lendas para o local.
Os Beatles tocaram no Tower 27 vezes e até mesmo realizaram para a sua maior audiência no continente na Grã-Bretanha durante os primeiros dias.
Curador do Museu de Merseybeat em Fort Rock Perch, Doug Darroch, disse que o evento de aniversário tinha "superado todas as nossas expectativas", e acrescentou: ".Tivemos pessoas de todo o país que vieram junto e tem sido um grande dia"
Sr. Darroch acrescentou: "Foi um grande sucesso.
"Sam Leach, que primeiro trouxe os Beatles para o Tower Ballroom estava aqui e foi bom vê-lo revelar a placa."
A inauguração foi parte de eventos para marcar os 50 anos, desde do primeiro show em New Brighton com os Beatles em 10 de novembro de 1961.
Sam apresentou a banda que seguiu-se por um segundo show duas semanas mais tarde em 24 de novembro para cerca de 4.500 pessoas.
Que estabeleceu um recorde de público do Reino Unido do continente para um show dos Beatles.
Houve também uma tour "Merseybeat" de New Brighton liderada pelo historiador Ray O'Brien e participação de cerca de 70 pessoas.
O salão de baile em si - supostamente um dos maiores do mundo - permaneceu um local popular com muitos nomes famosos, como The Rolling Stones, Little Richard, Jerry Lee Lewis e bandas locais, como Gerry and the Pacemakers - bem como os Beatles - aparecendo lá até que um incêndio levou à sua destruição em 1969.
Sr. Darroch disse: "O Tower Ballroom tem uma história musical ilustre e a conexão entre Wirral e os Beatles foi subestimada por muito tempo."
"Assim, com pessoas vindas até mesmo de Cornwall para isso, tem sido um enorme sucesso.
Vereador McLaughlin, disse: "Estou muito contente que, 50 anos após os primeiros shows em New Brighton, a conexão entre os Beatles e Wirral está formalmente reconhecida.
"Enquanto o Cavern Club tornou-se sinônimo como o lar espiritual dos Beatles, muitos moradores de Wirral tão prontamente lembraram dos shows que testemunharam em lugares como Tower Grounds, Hulme Hall e o Majestic Ballroom, em Birkenhead."

fonte:http://www.liverpoolecho.co.uk/liverpool-news/in-the-mix/2011/11/21/plaque-unveiled-to-mark-the-beatles-connection-with-historic-new-brighton-tower-ballroom-100252-29812641/

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Ringo Starr faz a festa do beatlemaníacos no Recife

A turnê latino-americana de Ringo Starr and his All-Starr Band terminou como começou, na Cidade do México, no início deste mês: as mesmas músicas, as mesmas frases de “improviso” e o mesmo entusiasmo dos beatlemaníacos. Porém com plateia bem menor do que se esperava. A casa estava cheia, mas longe de lotada. Meia hora depois do show ter começado os cambistas vendiam ingresso de pista, que custava R$ 80, por R$ 70, e não encontravam quem quisesse comprar.
Ringo, aos 71 anos, permanecia com o mesmo vigor do primeiro show da turnê. Durante todo o show, só saiu do palco uma vez para o carnaval particular de Edgar Winter, em mais de dez minutos do seu grande sucesso Frankenstein, uma mistura de rock pesado, jazz e funk que destoou do clima pop da noite, mas agradou pelo carisma do músico albino (um veterano do Festival de Woodstock).
Os fãs queriam Ringo, ou melhor, os Beatles. Ringo deu o que eles queriam. “Se vocês não conhecem esta música, estão no evento errado”. A plateia explode aos primeiros acordes de Yellow submarine. Dos hits da carreira solo, somente Photograph parecia ser mais conhecida. Back off boogaloo, quase desconhecida (é de 1972, e fez sucesso).
Do meio para o fim o público vibrava até com os coadjuvantes, como aconteceu com Rock and roll, hoochie koo, do ex-Te Romantics,Wally Palmar. Sem direito a quero mais fleugma britânica, aos gritos dos fãs pedindo que ele cantasse outras músicas, Ringo cantou um clássico menor, Act naturally, do álbum Help, e fechou com a óbvia mas um hino dos Beatles, With a little help from my friends, que ele canta no álbum Sgt Peppers, enxertada de Give peace a chance, com o velho sinal riponga de paz e amor. O Recife quase 50 anos depois do primeiro sucesso do quarteto de Liverpool, teve enfim o seu beatle ao vivo. Para os beatlemaníacos, um sonho realizado.

Comentário:
Valeuuuuuuuuuuu Ringo,você é do c__lho!!!!!

fontes:http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cultura/musica/noticia/2011/11/20/ringo-starr-faz-a-festa-do-beatlemaniacos-no-recife-22899.php e http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cultura/noticia/2011/11/20/ringo-starr-encerra-turne-no-chevrolet-hall-22708.php

domingo, 20 de novembro de 2011

Entrevista de John Lennon foi vendida por £ 2.000

Leiloeiros em West Berkshire venderam uma rara entrevista em que o ex-Beatle suspeitava que seu telefone está sob escuta
Uma rara entrevista de John Lennon em que o ex-Beatle revela suas suspeitas de que seu telefone estava sendo grampeado pelo governo americano foi vendido em um leilão em West Berkshire.
A gravação da entrevista, que teve lugar em 1974 e é considerado ser a única na existência, tem sido vendido a Cameo Fine Art Auctioneers, Bath Road, Midgham, por £ 2.000.
Durante a entrevista de 14 minutos Lennon revela suas suspeitas de que seu telefone está sendo grampeado pela administração Nixon e fala sobre sua luta para obter um Green Card para lhe permitir continuar a viver em Nova York.

fonte:http://www.newburytoday.co.uk/News/Article.aspx?articleID=18421

sábado, 19 de novembro de 2011

Ringo Starr & All Starr Band não decepciona em Brasília

O show do ex-Beatle Ringo e sua banda All Starr Band em Brasília não teve pontualidade britânica, mas nem por isso decepcionou. A única apresentação de Ringo na capital federal atrasou 10 minutos e não lotou o Centro de Convenções Ulysses Guimarães na noite desta sexta. Mas mesmo quem assistiu ao concerto mais de uma vez garante que valeu a pena ver a penúltima apresentação do britânico em solo brasileiro.
É o caso do empresário Ricardo Martinelli, capixaba de 32 anos que assistiu aos sete shows de Ringo em sua turnê pelo Brasil - e garante que vai ao último show do ex-Beatle, marcado para o próximo domingo, em Recife. O fã de Ringo, que já ganhou uma pele de bateria autografada pelo ídolo, tem uma banda cover dos Beatles e um CD de músicas em sua homenagem.
Outro fã do quarteto de Liverpool, o também empresário Adriano Siqueira, elogiou o show, que durou 1h40. "Sou fã dos Beatles e é a primeira vez que vejo um deles", disse. Caso diferente é o do amigo Philippe Barbosa, servidor público, que já foi a dois shows de outro ex-Beatle: Paul McCartney. "As comparações são inevitáveis, mas o show foi nota 10. No show de Paul, há mais músicas dos Beatles, mas no de Ringo, a atração maior é a banda, que participa mais", opinou.
Em Brasília, os ingressos custaram entre R$ 90 e R$ 1 mil - preços mais salgados que no resto do País.
Para o bancário Arnaldo Carvalho, que desembolsou R$ 175 para ver o ídolo, o valor dos ingressos fez com que o local do show não ficasse lotado. "Achei muito bom o show, mas não esperava ver tantos lugares vazios", disse. No início da apresentação, no entanto, todos na sala se levantaram de seus lugares e não havia distinção entre os que pagaram mais ou menos pelos ingressos. Houve até quem procurasse espaços vazios para dançar ao som de What I like about you e Love is alive.
Ao entrar no palco, Ringo foi aplaudido de pé. O ex-baterista dos Beatles, no entanto, só assumiu seu posto na terceira música, Choose love. "É algo que estou tentando fazer mais na vida", disse o músico, ao anunciar a música. Todos os membros da banda - guitarrista Rick Derringer (ex-Edgar Winter, Johnny Winter, Alice Cooper e outros), o vocalista e baixista Richard Page (ex-Mr. Mister, Elton John, Michael Jackson, Madonna), o vocalista e guitarrista Wally Palmar (The Romantics), o multi-instrumentista Edgar Winter, o tecladista Gary Wright (ex-Spooky Tooth) e o baterista Gregg Bissonette (ex-David Lee Roth, Toto, ELO e Santana) ¿ se revezaram nos vocais. Alguns até arriscaram um "boa noite", em bom português. A impressão que a All Starr Band deixa ao terminar o show é de um grupo de amigos que se divertem juntos no palco, como se fosse uma atividade feita durante o tempo livre de cada um.

Tietagem
Em um show feito para pessoas de todas as idades - havia crianças de cinco anos a idosos -, todos puderam expressar seu amor pelos Beatles e, principalmente, por Ringo Starr. Já ao final da apresentação, uma jovem chegou a pular a grade de segurança e subiu no palco na tentativa de abraçar os ídolos. A mulher foi contida por seguranças e retirada do local.
A maior parte dos presentes usava camisetas com estampa dos Beatles, de Ringo e até de Paul McCartney. Durante a execução de Yellow submarine, o público levantou balões amarelos. Na entrada e saída do local do show, ambulantes vendiam camisetas e broches com o rosto do ídolo.

fonte:http://musica.terra.com.br/noticias/0,,OI5477520-EI1267,00-All+Starr+Band+nao+decepciona+em+h+de+show+em+Brasilia.html#tarticle (menos o título) e http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2011/11/18/interna_diversao_arte,279153/fas-de-ringo-starr-lotam-o-centro-de-convencoes-para-ver-o-show.shtml (nesse importante jornal já fala que lotou o local)