sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O single She Loves You/I'll Get You completa 50 anos


She Loves You ("ela te ama") é uma canção da parceria Lennon-McCartney, lançada primeiramente no lado-A de um compacto simples no Reino Unido, em 23 de agosto de 1963
O single superou vários recordes nas paradas britânicas, e estabeleceu um novo recorde nos Estados Unidos como uma das cinco canções dos Beatles que seguravam as cinco primeiras posições nas paradas americanas simultaneamente em 4 de abril de 1964. É o single mais vendido no Reino Unido, e foi o single mais vendido em 1963.
Gravação 
A canção foi gravada em 1 de Julho de 1963, menos de uma semana depois de ter sido escrita.Foi feito em uma máquina de gravação de duas vias;Documentação referente ao número de takes com detalhes da gravação necessárias e outras não existe.O procedimento padrão na EMI Studios na época era para apagar a fita original da sessão de duas vias para os singles, uma vez que tinha sido mixada até a fita master (geralmente mono) usada para pressionar os discos.Este foi o destino de quatro músicas dos Beatles que foram lançadas como dois singles: "Love Me Do", "PS I Love You", "She Loves You" e "I'll Get You".Essas faixas só existem como uma master mono, apesar de vários remixes estéreos que foram feitas pela as afiliadas da EMI em todo o mundo, incluindo alguns feitos em 1966 pelo engenheiro Geoff Emerick do Abbey Road.A mixagem foi feita em 4 de julho.
(sessão de gravação de She Love You)
A divisão alemã da EMI (o pai da gravadora Parlophone Records) decidiu que a única maneira de vender discos dos Beatles na Alemanha seria re-gravá-los no idioma alemão. A banda achou desnecessário, mas foram convidados por George Martin para cumprir, gravando "Sie Liebt Dich" em 29 de janeiro de 1964, junto com "Komm, Gib Mir Deine Hand", no Pathé Marconi Studios, em Paris. Eles gravaram novas vozes sobre a música de fundo original para "I Want to Hold Your Hand", mas "She Loves You" obrigava-os a gravar uma nova faixa básica que o original de gravação de duas faixas haviam sido desmanteladas.Ambas as canções foram traduzidos pelo músico Camillo Felgen, sob o pseudônimo de "Jean Nicolas" 
Música e letra
"She Loves You" usa um refrão com letra do título da canção mais a resposta, "yeah, yeah, yeah." A melodia segue dentro de sua escala diatônica sem modulações, é simples mas com um gancho—o refrão—que, além de ser introduzido logo no início da canção, ele se repete e retorna ao final da estrofe. Os acordes mudam a cada dois compassos com uma harmonia homofônica. Segue uma batida de balada 4 por 4 com o tempo bem animado. Não há "espaço morto" algum—aonde a música segue sem ir a direção alguma.
Ela praticamente não tem uma introdução e não demora 2 segundos para o ouvinte começar a ouvir o "gancho" da música. O "grito"("yeah, yeah, yeah"), por si próprio, se tornou a marca registrada de rock'n roll. Embora nos finais dos anos 70 a música de dança começou a dominar o mercado da nova geração, o "grito" ou o cantar com estilo "berrante" ainda é um estilo que domina a música "metal rock" que sobreviveu entre todas as variações de rock dos últimos 40 anos.
(Dick James,George Harrison e John Lennon)
A letra, no entanto, foi algo não convencional. O uso do, então irreverente, "yeah," em vez do mais educado e próprio "yes," era uma 'marca' da geração "rebelde." A geração que quebrou o conservadorismo deixando seus cabelos crescerem, usando roupas mais e mais extravagantes, e que eventualmente chegou ao psicodelismo todo no verão de 1967.
Um engenheiro técnico do estúdio dos Beatles, Norman Smith, captou perfeitamente o espírito da letra da canção: "eu estava arrumando os microfones quando eu vi a letra pela primeira vez no 'stand' ": 
"She loves you, yeah, yeah, yeah
She loves you, yeah, yeah, yeah
She loves you, yeah, yeah, yeah! "
 

"Eu pensei, 'ai meu Deus, mas que letra! Esta vai ser uma daquelas que eu não gosto.' Mas, quando eles começaram a cantar--boom! Uau!!! Incrível!!! Eu estava na mesa de mixagem, correndo de um lado para o outro."
Apesar ainda de outros críticos terem ridicularizado os "yeahs," estes gritos tiveram um enorme efeito na futura imagem dos Beatles e da nova geração toda na Europa, como que no resto do mundo, eles se tornaram os "yeah-yeah-yeah" do rock'n roll!
A letra, também já mencionado acima, foi escrita na terceira pessoa, como uma pessoa dando um conselho a um amigo: "ela te ama, sim" diz a letra, que por si, demonstrava grande parte da mudança desta nova geração que apareceu nos fim dos anos de '50s e durante os anos de '60s. Uma geração amorosa, querendo mais a paz e o amor ao seu próximo—e os Beatles conseguiram sintetizar estes sentimentos em suas letras—o que a nova geração parecia estar sedente para ouvir. Na letra, os cantores dizem ao 'seu amigo,' aos gritos de alegria, que embora ele pense que ele perdeu sua namorada, acabou que ela realmente se importa por ele e ela o ama. Eles ainda aconselham ao 'amigo': "be glad" (Trad Pt. "ser feliz"). O "yeah yeah yeah" é a essência desta manifestação de alegria. E como mágica esta alegria radiante saiu pelos alto-falantes e se fez real aos consumidores do mundo todo. 
(single original 45rpm edição UK)
Lançamento
No dia 23 de agosto de 1963, o single "She Loves You" fora lançado para o público britânico. Acompanhando o Lado-A, "She Loves You", havia a canção, "I'll Get You", no Lado-B.O compacto marcou e "esmagou" vários discos na parada de música britânica, começando a ser o compacto mais vendido, na Grã-Bretanha. A canção começou a subir as paradas no dia 31 de agosto, e se fincou, permanecendo nas paradas por 31 semanas consecutivas—uma permanência excepcionalmente longa--, alcançando dezoito daquelas semanas entre os três primeiros lugares das paradas. Durante aquele período, ela vingou o primeiro lugar da parada de sucesso no dia 7 de Setembro, defendendo esta posição por um mês, antes de oscilar entre os três primeiros lugares; mas, somente num falso alarme e novamente retomando sua posição de primeiro lugar, pela segunda vez, a "Top nº1", no dia 30 de novembro; e aí permaneceu por mais duas semanas. Como se não fosse suficiente, ela se colocou de volta nas paradas por duas semanas no dia 14 de abril de 1964, chegando ao "Top-42." "She Loves You" foi a canção mais vendida em 1963 e, de fato, permanece como o compacto mais vendido dos Beatles no Reino Unido, hoje; defendendo-se de outros sucessos como "Hey Jude." O sucesso dos Beatles foi tal que "She Loves You" permaneceu no Reino Unido como o compacto mais vendido, entre todos artistas do mundo, por 14 anos, somente para ceder a sua posição para a banda Wings, com seu compacto, "Mull of Kintyre", um conjunto fundado pelo Paul McCartney.
Quando "She Loves You" saiu como um compacto nos EUA, no dia 16 de setembro de 1963, ninguém prestou atenção ao fato. Poucos meses depois, os Beatles lançaram "I Want to Hold Your Hand," a qual subiu a número um, lançando a invasão britânica no cenário musical americano e pavimentando o caminho para outros álbuns dos Beatles e outros lançamentos de artistas britânicos. Encorajados pelo sucesso de "I Want to Hold Your Hand", Swan re-lançou o compacto, "She Loves You." Levada pela correnteza da onda que "I Want to Hold Your Hand" originou, "She Loves You" começou, no dia 25 de janeiro de 1964, uma corrida de 15 semanas nas paradas dos Estados Unidos da América. No dia 21 de Março, "She Loves You" coroou-se na incrível virada dos Beatles na América. 
(single lançado pela Swan nos Estados Unidos)
Junto com "I Want to Hold Your Hand," "She Loves You" virou o cenário da música americana de cabeça para baixo, e começou o delírio da Beatlemania na América.
Ao contrário da relutância da 'Capitol Records para prosseguir com os Beatles nos EUA,a Capitol do Canadá foi em frente com o grupo, e "She Loves You" foi lançado em setembro de 1963.Ele foi tocado pela estação de rádio Ontário CKWS no outro mês , e entrou na Chart CHUM nacional em 2 de dezembro de 1963.Ele alcançou o top cinco em 23 de Dezembro,um mês antes de qualquer dos Beatles faria o mesmo nas paradas dos Estados Unidos.Em seguida, passou nove semanas no número um no início de 1964.
"She Loves You" se tornou o primeiro disco dos Beatles a vender bem na Europa continental e levou a uma turnê dos Beatles pela Suécia no final de outubro de 1963.
 (edição brasileira)
Lançamento no Brasil
"She Loves You" foi lançada no Brasil primeiramente num compacto simples, em março de 1964, junto a outro sucesso, "I Want to Hold Your Hand," quando a Beatlemania já estava na moda. "She Loves You" estourou nas paradas de sucesso no Brasil e o compacto foi re-lançado em Setembro de 1964, desta vez como um compacto duplo que icluía já quatro canções.Simultaneamente com o primeiro compacto lançado no Brasil, em março de 1964, She Loves You foi também lançada nesta data no primeiro LP("Long Play") dos Beatles no Brasil, Beatlemania, um LP assim intitulado com seleções musicais especialmente voltadas ao mercado brasileiro. Assim como o selo da Capitol Records--gravadora americana afiliada a EMI da Inglaterra--, fazia nos Estados Unidos, mudando, dos LPs originais dos Beatles no Reino Unido,a ordem das músicas e os nomes dos LPs lançados para o mercado americano, a Odeon do Brasil—também associada a EMI—lançava os LPs com outros nomes e outras seleções musicais para atrair o seu próprio mercado individual no Brasil. No entanto, tanto no Brasil, como na América, ou Europa e no mundo todo, She Loves You dos Beatles foi um enorme sucesso.

fonte:http://en.wikipedia.org/wiki/She_Loves_You

Um comentário:

  1. ALGUEM AQUI PODE ME DIZER SE HOUVE ALGUMA VERSÃO EM PORTUGUES DA MUSICA SHE LOVES YOU DO BEATLES

    ResponderExcluir