domingo, 31 de agosto de 2014

Paul McCartney se posiciona contra independência da Escócia

O músico britânico Paul McCartney uniu-se neste sábado (31) à campanha "Let's Stay Together" ("Vamos nos manter unidos"), que promove o voto contrário à independência da Escócia do Reino Unido no referendo de 18 de setembro.
O ex-Beatle assinou uma carta aberta dirigida aos escoceses na qual pede que o referendo sirva para "renovar" os laços que unem a Escócia com o resto do Reino Unido. "A decisão de abandonar nosso país partilhado é, certamente, absolutamente vossa e só vossa. Mesmo assim, essa decisão terá um enorme efeito sobre o resto do Reino Unido", indica a carta.
"Queremos que saibam o quanto apreciamos os laços de cidadania que nos unem a vós, assim como expressar a esperança que vosso voto servirá para renovar esse vínculo", continua a carta assinada pelo autor do tema "Yesterday".
A organização da campanha calcula que mais de 50 mil pessoas mostraram seu apoio a esse texto, que já tinha sido assinado por celebridades como o líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, e o físico Stephen Hawking.
"A assinatura de Paul McCartney, junto com a de Mick Jagger e as de dezenas de milhares de pessoas de todo o país mostra que os ingleses, galeses e norte-irlandeses desejam apaixonadamente que os escoceses renovem seus laços com o Reino Unido", disse o apresentador de programas de divulgação histórica da rede "BBC" Dan Snow, coordenador da "Let's Stay Together"
"Paul é um dos músicos mais respeitados do país e do mundo, estamos muito felizes que tenha assinado a carta", afirmou Snow. Segundo uma pesquisa divulgada ontem pelo jornal britânico "Daily Mail", os partidários da independência representariam 41,6%, enquanto os defensores da união seriam 47,6%.

sábado, 30 de agosto de 2014

50 Anos da 1ª Turnê Americana : Atlantic City 1964

Os Beatles se apresentaram diante de 18.000 fãs no Convention Hall, em Atlantic City, New Jersey. 
A noite antes que tinham ficado no Lafayette Motel. Às 14:15 deixaram o lugar na traseira de um caminhão de peixe, e uma curta distância do Convention Hall eles mudaram para o seu ônibus de turnê. 
Depois do show, os Beatles deixaram o local em um caminhão de serviço, como a limusine que ficou demasiado evidente. Naquela noite, eles ficaram no Marquis De Lafayette Hotel na cidade vizinha de Cape May, onde permaneceram por alguns dias antes de seu show dia 02 de setembro na Filadélfia. 
Durante a sua estadia em Atlantic City, John Lennon e Paul McCartney escreveu a música Every Little Thing, que foi gravada para o álbum Beatles For Sale no final de 1964. 
"John e eu escrevemos em Atlantic City durante a nossa última turnê dos Estados. John fez o riff de guitarra, e George estava no acústico. Ringo fez alguns grandes ruídos nos tímpanos que se ouve." Paul McCartney  The Beatles Off The Record, Keith Badman

fonte: Beatles Bible

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Diário dos Beatles completa 5 anos!

O Diário dos Beatles completa hoje 5 anos e quero agradecer a todos que tem acompanhado e eu espero continuar a informar sempre com o mesmo prazer todos os dias!

***************Obrigado à todos!    Breno Augusto*****************

 The Diary of the Beatles complete five years today and I want to thank everyone who has been following and I hope to continue to always inform with the same pleasure every day

************** Thanks to all!           Breno Augusto******************

El Diario de los Beatles a cumplir cinco años y quiero dar las gracias a todos los que han estado siguiendo y espero que continúe informando siempre con el mismo placer todos los días

**************Gracias a todos!        Breno Augusto*******************


50 Anos da 1ª Turnê Americana : New York 1964 - Dia 28


A primeira das duas apresentações, a segunda das quais teve lugar na noite seguinte, na frente de 16.000 fãs no Forest Hills Stadium, no Queens, New York City. 
Os Beatles haviam desembarcado às 03:02 daquela manhã no Aeroporto Kennedy, e foram recebidos por 3.000 fãs esperando. Eles foram levados para o Hotel Delmonico em Park Avenue na 59th Street, onde mais fãs estavam esperando, mesmo que a sua permanência era para ser um segredo. 
Uma fã, Angie McGowan, arrebatou o medalhão St Christopher de Ringo Starr quando ele fez o seu caminho dentro do hotel, embora ela devolveu mais tarde naquele dia na sua conferência de imprensa antes do show,como pode ver no video acima.
Os fãs foram dispersados ​​pela polícia às 4h. No momento em que os Beatles acordaram depois que milhares de fãs de manhã estavam fora. 
Os Beatles foram levados para o estádio de helicóptero, que partiu tarde quanto o piloto não tinha a permissão para sair. Eles subiram ao palco às 21:50. 
Os ingressos para cada um dos 15.983 lugares do recinto foram todos vendidos e os extras foram adicionados ao preço elevado de US $ 6,50. O público ficou afastado por um alto muro de oito metros coberto com arame farpado.
À noite,os Beatles foram apresentados a Bob Dylan no Hotel Delmonico,onde apresentou a eles a maconha.Chegando na suíte dos Beatles,Brian e os Beatles falaram que nunca tinham fumado antes,Bob ficou surpreso e disse " e aquela música onde vocês cantam "eu fico alto"?,falando da música I Wanna Hold Your Hand.John  rindo disse "não  é  essa letra! é  'I can't hide, I can't hide, I can't hide...'". 
Mas George Harrison disse que não tinha sido a primeira vez e sim em Liverpool um antigo baterista que ofereceu mas só fumaram em Hamburgo em 1960 e comentou ""Era como aquela velha piada em que dois hippies estão flutuando no teto, e um está dizendo ao outro: "Essa coisa não funciona, cara!"
Os Beatles ficaram no quarto de hotel junto com Bob fumando e bebendo vinho e depois de muitas risadas,Brian Epstein continuou dizendo: "Eu estou tão alto que estou no teto. Estou no teto."
Paul McCartney e John Lennon disseram que não lembravam pois estavam muito chapados.
 
fonte: Beatles Bible

50 Anos da 1ª Turnê Americana : New York 1964 - Dia 29

O segundo show dos Beatles no Forest Hills Stadium, no Queens, New York City foi visto por 16 mil fãs. 
Apesar de terem realizado o set list normal,e exteriormente pareciam o mesmo grupo,mas havia uma mudança significativa depois da noite anterior.Este foi o primeiro show dos Beatles desde que Bob Dylan havia apresentado a cannabis, uma droga que teve um efeito significativo sobre a sua música e nos anos seguintes. 
Tal como acontece com espetáculo da noite anterior, todos os 15.983 lugares foram todos vendidos, embora os extras foram disponibilizados, com o preço elevado de US $ 6,50. 
Os Beatles tocaram 12 músicas: Twist And Shout, You Can't Do That, All My Loving, She Loves You, Things We Said Today, Roll Over Beethoven, Can't Buy Me Love, If I Fell, I Want To Hold Your Hand, Boys, A Hard Day's Night e Long Tall Sally. 
Os shows de abertura foram, em ordem de aparição,The Bill Black Combo, The Exciters, The Righteous Brothers e Jackie DeShannon

fonte: Beatles Bible

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Lançamento dos álbuns remasterizados é adiado para novembro

Paul McCartney anunciou hoje que devido a problemas de produção, o lançamento dos álbuns da Paul McCartney Archive Collection serão adiados para novembro. As mais novas reedições dos álbuns do Wings “Venus and Mars” e “At The Speed of Sound” agora serão lançados no dia 03 de novembro no Reino Unido e 04 de novembro nos EUA, e não as datas de setembro anunciados anteriormente.
De acordo com o anúncio original de seu lançamento,ambos os álbuns estarão disponíveis em uma variedade de formatos físicos e digitais. Cada um vai estar disponível em uma versão padrão de dois discos. O primeiro CD contém o álbum remasterizado, o segundo com demos e faixas inéditas.A outra edição (2CD, 1DVD) Deluxe Edition incluirá um livro de capa dura com fotografias inéditas, novas entrevistas,material dos arquivos de Paul e expandida com informações sobre faixa por faixa. Um DVD bônus também será incluído.Os álbuns também estarão disponíveis em versões digitais no iTunes e em formatos hi-res e em vinil.

fonte: Paul McCartney 

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O esforço dos engenheiros para salvar as fitas originais do Please Please Me

As fitas originais do álbum 'Please Please Me' dos Beatles estão se tornando "pegajoso" e "lamacento" - tanto assim que os engenheiros do Abbey Road estava trabalhando no novo conjunto de vinil The Beatles in Mono têm sido forçados a fazer uma nova master para o álbum. 
Como o engenheiro de masterização Sean Magee explica na nova edição da Uncut, hoje (26 de agosto), a cola na fita master original do álbum de estreia dos Beatles estava vazando através das camadas de fita, fazendo a reprodução difícil. 
"A fita foi tocada e deixou uma lama pegajosa sobre a cabeça de reprodução", diz Magee. "O que não é muito bom: coloca a fita sob tensão e potencialmente induz o atrito. Nós pensamos que, em vez de tê-lo que fazer isso, nós pensamos que precisávamos fazer uma nova. 
"Nós usamos a fita e transferimos-la.Tocando uma faixa de cada vez que não foi um problema, mas se você tocar cinco de cada vez, você tinha uma lama lá. É uma fita histórica, é muito antiga, e isso afeta o som. 
"Você lameava as cabeças, toda a alta freqüência começa a desaparecer, então você transfere as faixas, uma de cada vez, analógico para analógico, em seguida, coloca em alguma nova fita master para que as lacunas certas e agora temos uma master de corte para este novo boxset. " 
Os Beatles em mono está revisado na nova edição da Uncut, datada de Outubro de 2014 e agora.

Colaboração: Eric Bourgouin correspondente do Canadá

fonte: Uncut UK  e Analog Planet 

50 Anos da 1ª Turnê Americana : Cincinnati 1964

Os Beatles se apresentaram para 14 mil fãs no Cincinatti Gardens, em Cincinnati, Ohio. 
O show foi quase cancelado após o Sindicato dos Músicos exigir que os grupos locais a serem colocados na conta. Depois de uma campanha telefônica pelos fãs dos Beatles, o sindicato retirou seu pedido. 
Os Beatles chegaram a Cincinnati Gardens ás18:00, e falaram com Elvis Presley no telefone nos bastidores. A conferência de imprensa foi realizada antes do show, e eles subiram ao palco às 21:35. 
O noticiário do Cincinnati Enquirer do show teve como manchete "Teenagers Revel In Madness: Young Fans Drop Veneer Of Civilisation For Beatles". Relatou que os 115 graus de temperatura em que os fãs desmaiaram e histeria governaram, e afirmou que um técnico da estação de televisão local tentou medir o som da multidão, mas foi forçado a desistir quando o seu equipamento ficou sobrecarregado e quebrou. 
Após o show,os Beatles correram para suas limusines Cadillac e foram levados para o Aeroporto Lunken. Seu avião fretado decolou pouco depois da meia-noite, e desembarcaram em Nova York, às 2h55 da manhã.

Violão autografado por Paul McCartney é vendido em um leilão por $50,000

Paul assinou recentemente autografou um violão Martin D-28 para canhoto, que foi colocada em leilão e levantou surpreendente 50 mil dólares em poucos minutos.A licitação começou na parte da manhã no eBay com um lance inicial de US $ 10.000 e rapidamente alcançou o montante final impressionante.A receita do leilão irá para a African Elephant Initiative da The Nature Conservancy. Ao lado de sua assinatura, Paul também descrito: "This guitar saves elephants" no violão Martin.Um slogan apropriado uma vez que os recursos serão utilizados para aumentar a segurança para os elefantes na África e reduzir a demanda por marfim. 
The Nature Conservancy trabalhou apaixonadamente durante décadas para conservar valiosos habitats dos animais e das bacias hidrográficas para fazer do mundo um lugar melhor, mais sustentável. Estima-se que havia 1,2 milhões de elefantes na África em 1980, agora apenas cerca de 430 mil permanecem, com uma estimativa de 20 mil elefantes mortos só no ano passado para suas presas. 
Você pode fazer a diferença para os elefantes - para saber mais sobre o trabalho da The Nature Conservancy para #saveElephants e inscreva-se para receber alertas e notícias Clique aqui!

fonte: Paul McCartney

terça-feira, 26 de agosto de 2014

50 Anos da 1ª Turnê Americana : Denver 1964

Depois de descansarem em Los Angeles nos dia 24 e 25 de agosto,os Beatles foram se encontrar com o ator Burt Lancaster e a símbolo sexual americana Jayne Mansfield no clube Whisky A Go Go dia 26 de agosto.
No mesmo dia viajaram para Denver para mais shows da turnê americana.Os Beatles conseguiram vender 7.000 ingressos para o seu único show no Red Rocks Amphitheatre perto de Denver, Colorado, deixando 2.000 ingressos por vender. 
"Houve ameaças de morte.Lembro-me de ir a um dos seus shows no Red Rock in Denver, onde Brian e eu subimos em um canteiro com vista para o palco, e olhamos para os garotos abaixo durante a apresentação; e o teatro é tal que você poderia ter um franco-atirador no morro que poderia escolher qualquer um deles,a qualquer momento - não há problema. Eu estava muito ciente disso" disse George Martin no Anthology 
Antes do show dos Beatles se hospedaram no Brown Palace Hotel. Eles subiram ao palco às 21:30; durante o show eles freqüentemente não se sentiam bem devido ao ar rarefeito em Denver, então tubos de oxigênio foram colocados no palco para eles usarem. 
Apesar dos ingressos não vendidos, com o show os Beatles estabeleceram um recorde de bilheteria para o estádio ao ar livre. O evento foi a primeira apresentação de rock 'n' roll notável no local.

Fotos inéditas dos Beatles em Cincinnati

Fotos inéditas da visita dos Beatles a Cincinnati em 1964 serão lançados para venda em outubro. 
O fotógrafo Walt Burton, agora com 80 anos, tirou cerca de 200 fotos dos Beatles - a partir de sua chegada ao Aeroporto Lunken até o show em Cincinnati Gardens em 27 de agosto, 1964 - para uso na revista "Beatles in Cincinnati" de 24 páginas de estilo livreto vendido pela WSAI-AM após o show.
Três séries de impressão do 50 º aniversário estarão disponíveis a partir 18 de outubro, durante o mês de duração do evento regional FotoFocus photography festival. 
Burton, como o fotógrafo oficial do evento, teve acesso especial para tirar fotos de John, Paul, George e Ringo saindo de seu avião e acenando para a multidão e falando aos jornalistas durante a sua conferência de imprensa (incluindo Ringo acendendo um cigarro); e no palco.
Cincinnati foi a sétima parada dos Beatles em uma turnê de 25 cidades de 19 de agosto a 20 de setembro.Eles tocaram em San Francisco, Las Vegas, Seattle, Vancouver, no Hollywood Bowl, em Los Angeles e Denver antes de vir em 27 de agosto .
Segundo a pesquisa de Hoeting,os negativos de Burton valem mais de US $ 10.000,mas ele fala que não estão à venda,somente as impressões das fotos.
As impressões de até 50 das suas imagens estarão em exposição e à venda em uma loja no centro, e dois grupos de cópias assinadas e numeradas também serão oferecidas para venda via e-mail. 
Impressões sem molduras vai começar em US $ 150 cada, com algumas impressões emolduradas em 525 dólares. Os dois grupos de 10 impressões serão limitadas a 25 conjuntos cada.
Hoeting se prepara para lançar alguns das 200 fotografias de Walter Burton que documentam a visita dos Beatles há 50 anos. 
Colaboração: Beatle Ed do Canadá
fontes: Cincinnati.com (com fotos) e The Tribune

Historiador afirma que os Beatles foram descobertos em Tuebrook e não no Cavern

Um historiador sobre os Beatles afirmou que Brian Epstein viu pela primeira vez o Fab Four, quando tocaram em um clube de jovens em Tuebrook. 
Gerry Murphy, que foi co-fundador do Cavern City Tours, afirma ter descoberto que o grupo foi visto pela primeira vez pelo gerente que os ajudou para o sucesso internacional no St John’s Youth Centre em Snaefell Avenue, Tuebrook. 
E ele disse que o clube, também conhecido como Brockman Hall e agora é o lar de caridade para deficientes Daisy Inclusive, foi o cenário para o "melhor show de rock and roll que já viu".
Murphy disse que estava estudando para um mestrado em Beatles quando se deparou com a informação. 
Ele agora acredita que Epstein chegou a um show dos Beatles em julho de 1961 e viu os alguns meses o grupo antes de seu primeiro show no Cavern relatado em novembro daquele ano. 
Sr. Murphy disse: "Em 2011 eu preparei um evento do 50 º aniversário em Brockman Hall e disse à platéia que os Beatles tinham tocado lá poucos meses antes de Brian Epstein os vi pela primeira vez no Cavern e assinou-los no local. 
"Depois uma mulher me disse: 'isso é errado o que você disse sobre Brian Epstein - porque ele estava de pé lá". Ela disse que o reconheceu". 
Murphy disse que sua descrição da esposa de Lennon,Cynthia em uma roupa toda de couro, que teria sido comprado em recente viagem do grupo para Hamburgo, convenceu-o que ela estava certa. 
Mais tarde, ele falou com seu amigo, que estava com ela na noite e apoiou a história.
No mês passado, ele viu uma foto no ECHO dos fãs com o grupo, que então incluía Pete Best, no show em questão. 
Ele disse: "Minha opinião é que Epstein foi ver o grupo no final de julho, manteve contato com eles e formalmente foi vê-los e fazer uma proposta em novembro daquele ano." 
Ele acrescentou: "Eu acho que ele viu o público no show em Brockman Hall, não só a banda, e percebeu que se poderiam obter 200 pessoas assim naquela sala, eles poderiam obter o mundo." 
Mas o diretor do Cavern Club Bill Heckle contestou a acusação. 
Ele disse que primeira aparição do grupo de Epstein foi bem documentada em sua própria autobiografia e não foi em Brockman Hall. 
Sr. Heckle acrescentou: "O que é possível é que ele estava lá, mas não me lembro de ver os Beatles ou ficar impressionado, porque sua primeira lembrança e encontro é, obviamente, de forma irrefutável, no Cavern." 
Sr. Murphy e Dave Kelly, da Daisy Inclusive, agora esperamos começar um projeto para descobrir mais sobre as conexões com a banda. Eles estão apelando para as pessoas compartilharem suas memórias. 

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Memorabilia rara dos Beatles foi vendida em Liverpool

Memorabilia rara dos Beatles foi leiloada em Liverpool.
Fotos antigas de escola de Paul McCartney,um cartão de Natal para Ringo Starr de sua primeira esposa e um conjunto de autógrafos estavam entre os itens para vender por milhares de libras. 
O leilão foi realizado no Liverpool Institute for Performing Arts e foi organizada por Stephen Bailey, gerente da The Beatles Shop em Mathew Street.  
Ele disse: "Foi um leilão muito bem sucedido como um todo. 
Mas isso não foi tudo fácil - um boneco de cera de Paul foi o destaque no ECHO no início desta semana que não conseguiu vender. 
"Infelizmente,não vendeu", disse Bailey.  
A estátua de cera em tamanho natural veio de um museu em Great Yarmouth. 
Outros itens, no entanto, tiveram muito mais sucesso sob o martelo. 
Uma foto em preto-e-branco dos membros da banda com seis fãs tomada em St John Hall em Tuebrook em 1961 foi vendido por £ 9,360. 
Duas fotos dos músicos recém chegados tirads no Cavern Club no mesmo ano foram vendidos por £ 12,636. 
Os leiloeiros ficaram surpresos quando um cartão festivo de Maureen Starkey Tigrett ao marido Ringo foi vendido por £ 1,170. 
Enquanto isso, um conjunto completo de autógrafos dos Beatles obtidas em Paris em janeiro de 1964 mudou de mãos por £ 4,095,o preço inicial era de £ 2,225. 
Fotografias de escola que mostram um menino Paul McCartney foram para a melhor parte de £ 1.000 cada. 
Sr. Bailey disse: "É ótimo ver itens sendo vendidos no leilão porque significa que o espírito dos Beatles está verdadeiramente vivo e bem, tanto aqui em Liverpool e em todo o mundo. 
"Um leilão como este atrai um grande público internacional." 
Havia 330 itens à venda este ano, cerca de 90% do que foi vendido. 
Façanhas anteriores do Sr. Bailey incluem a venda de vaso sanitário de John Lennon e um conjunto raro de cinco assinaturas que foram vendidas por mais de £ 21.000 em 2013. 
"Eu já vi todos os tipos de itens malucos", disse ele.

Comentário:
Era óbvio que esse boneco de cera do Paul não seria vendido pois nem parece com ele!Quem quiser veja a foto no link abaixo da Liverpool Echo.

Colaboração: Beatle Ed do Canadá

fonte: Liverpool Echo  e Liverpool Beatles Auction 

sábado, 23 de agosto de 2014

50 Anos da 1ª Turnê Americana : Los Angeles 1964


Em 23 de Agosto de 1964, John Lennon e Ringo Starr foram entrevistados, quando estavam em Los Angeles. A ocasião foi o primeiro show dos Beatles no Hollywood Bowl. O entrevistador é desconhecido, mas também presente para a conversa estava Derek Taylor. 
O show dos Beatles no Hollywood Bowl foi gravado por George Martin e os engenheiros da Capitol Records, que esperavam lançá-lo como um álbum ao vivo.
"O Hollywood Bowl foi maravilhoso. Era o que todos nós gostamos mais, eu acho que, mesmo que ele não foi o maior público - porque parecia tão importante, e todo mundo estava dizendo coisas. Nós nos demos, e foi um grande palco, e foi ótimo. Nós poderíamos ser ouvido em um lugar como o Hollywood Bowl, embora a platéia era selvagem: uma boa acústica."  John Lennon no Anthology
Todos os 18.700 ingressos para o evento tinham sido vendidos há quatro meses. Os Beatles subiu ao palco às 21:30 e executaram 12 músicas: Twist And Shout, You Can't Do That, All My Loving, She Loves You, Things We Said Today, Roll Over Beethoven, Can't Buy Me Love, If I Fell, I Want To Hold Your Hand, Boys, A Hard Day's Night e Long Tall Sally
"Tocamos no Hollywood Bowl, A concha em volta do palco era grande. Foi o Hollywood Bowl - estes eram lugares impressionantes para mim. Eu me apaixonei por Hollywood, em seguida, e eu ainda estou apaixonado por Hollywood - bem, Beverly Hills, Hollywood, Califórnia. Eu prefiro Nova York."  disse Ringo Starr no Anthology
A Capitol,anteriormente,queria gravar o show dos Beatles no Carnegie Hall, em Nova York, em 12 de fevereiro de 1964, mas foi incapaz de garantir a permissão da American Federation of Musicians a tempo. 
George Martin estava no local, trabalhando com o produtor da Capitol Records 'Voyle Gilmore na gravação.George Martin estava relutante sobre a fita do show, e depois de mixar as faixas em 27 de agosto,a Capitol decidiu que a qualidade da gravação não era adequada para o lançamento.
"Nós gravamos em fita de três canais,que era o formato padrão americano então.Você iria gravar a banda em estéreo em duas faixas e manter a voz separado no terceiro, de modo que você pode trazê-lo para cima ou para baixo na mixagem.Mas no Hollywood Bowl eles não usaram três faixas exatamente da maneira certa. Eu não tinha muito em dizer as coisas, porque eu era um estrangeiro, mas eles fizeram uma mixagem muito bizarra. Em 1977, quando me pediram para fazer um álbum a partir das fitas, achei guitarras e vozes mixadas no mesmo canal.E a gravação parecia concentrar mais no grito selvagem das 18.700 adolescentes do que sobre os Beatles no palco. " disse George Martin no livro The Complete Beatles Recording Sessions, Mark Lewisohn 
O show foi filmado também, por uma empresa de noticiário e um cineasta amador na platéia. 
Um carro foi estacionado perto do palco para pegar os Beatles às 22:00 quando o show terminou. Para os próximos dois dias, eles ficaram em uma casa alugada em 356 St Pierre Road em Brown Canyon, Bel Air.