sábado, 13 de agosto de 2016

Paul McCartney descreve amizade com John Lennon: “Insubstituível”

Paul McCartney falou à revista Rolling Stone sobre a amizade com John Lennon, assassinado em 1980. O cantor afirmou que as experiências que passaram juntos, como toda a exposição na mídia, fama, juventude, fizeram com que o amigo se tornasse “insubstituível”.
“Nós éramos jovens crescendo juntos, no mesmo meio e com as mesmas influências: Ele sabe os discos que eu sei, eu sei os que ele sabe. Estávamos escrevendo as primeiras canções inocentes juntos. É insubstituível – aquela época, a amizade e nossa ligação”, concluiu.

3 comentários:

  1. Pena que Paul esqueceu a simplicidade e a sinceridade de uma amizada

    ResponderExcluir
  2. tudo publicidade....Na verdade eles nunca foram nem amigos nem inimigos.
    Apenas se juntaram prá fazer um trabalho. Só isso

    ResponderExcluir