quarta-feira, 23 de setembro de 2015

O álbum Extra Texture de George Harrison completa 40 anos - parte 2


As músicas
Da Rolling Stone de 2002, Mikal Gilmore comentou que "as crises que George enfrentou em meados dos anos 70 mudou-o", e que a depressão é um fator chave.Depressão permeou muitas das canções que Harrison escreveu durante este período,uma questão que não foi ajudado por seu contínuo vicío da bebida e cocaína.
Liricamente,"The Answer's at the End", "This Guitar (Can't Keep from Crying)", "World of Stone" e "Grey Cloudy Lies" orientam claramente de seu assunto habitual - espiritualidade hindu - e, em vez parecem pedir ao ouvinte pela compaixão.De acordo com o escritor e teólogo Dale Allison,Extra Texture é "o único álbum de Harrison que não consegue fazer quaisquer declarações teológicas positivas".Allison acrescenta que a sua "melancolia confusa" fornece um forte contraste com a "defesa confiante religiosa" de sucessos anteriores do artista All Things Must Pass (1970) e Living in the Material World (1973).O mesmo desespero era evidente em "Grey Cloudy Lies",uma faixa que Paul Gambaccini descreveu em Setembro de 1975 como "música típica deprimente às 4:00 da manhã"
Harrison tinha começado a escrever "World of Stone", "Grey Cloudy Lies" e "Can't Stop Thinking About You" em 1973.Ele escreveu "This Guitar (Can't Keep from Crying)" no Havaí durante o Natal de 1974, enquanto estava de férias com sua nova namorada (mais tarde sua esposa), Olivia Arias,uma secretária do escritório de Los Angeles da Dark Horse.
Harrison escreveu: "Tired of Midnight Blue", em Los Angeles, onde ele continuou a basear-se em grande parte de 1975,os negócios relativos a Dark Horse Records.Em sua autobiografia de 1980, I, Me, Mine, ele diz que a letra da música é focada em seu estado "deprimido" depois de uma noite em um clube de LA com "um monte de pessoas impertinentes de cabelos grisalhos".Chegando na linha do soul music ele escreveu: "Ooh Baby (You Know That I Love You)" como o primeiro de duas homenagens a Smokey Robinson, um cantor cujo trabalho ele admirava desde o início da década de 60.
Além dessas composições, Harrison revisitou duas gravações não utilizadas:"You" e "His Name Is Legs (Ladies and Gentlemen)", que abrem e fecham o álbum, respectivamente.Co-produzido com Phil Spector em Londres,"You" estava entre as faixas básicas gravadas em fevereiro de 1971 para um álbum solo da Apple planejado para esposa de Phil Spector, Ronnie,anteriormente Veronica Bennett das Ronettes.Uma reprise da canção concluída, [74] sob a forma de um breve instrumental intitulado "A Bit More of You", também aparece no álbum, abrindo o lado dois no formato LP. "His Name Is Legs (Ladies and Gentlemen)" foi gravado no estúdio Friar Park de Harrison, FPSHOT, pouco antes da turnê 1974,com Billy Preston, Tom Scott,Willie Weeks e Andy Newmark. Em uma piada privada que alguns ouvintes puderam apreciar,a canção apresenta um monólogo realizado por "Legs" Larry Smith [80], um ex-membro da Bonzo Dog Doo Dah Band.A inclusão destas duas faixas mais velhas deram um tom material otimista num álbum predominantemente preenchido com baladas

Amanhã...parte 3

fonte: Wikipedia

Um comentário:

  1. O genial acometido de todos os vícios...mesmo assim, foi incrível!

    ResponderExcluir