sábado, 1 de dezembro de 2012

Magical Mystery Tour 45 anos - faixa Flying

"Flying" é um instrumental dos Beatles, que apareceu pela primeira vez no filme Magical Mystery (EP duplo no Reino Unido, um LP nos Estados Unidos). É uma das poucas canções escritas por todos os quatro Beatles: John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr.
Origem 
Seu primeiro instrumental desde de "12 Bar-Original" em 1965, esta foi a primeira música a ser creditada como sendo escrito por todos os quatro membros da banda com os créditos da escrita de "Harrison / Lennon-McCartney / Starkey".Foi gravado em 8 de Setembro de 1967 com mellotron, guitarra, baixo, maracas, bateria e overdubs de loops de fitas em 28 de setembro. 
"Flying" foi originalmente intitulada "Aerial Tour Instrumental", o fim da gravação originalmente incluído um ritmo acelerado tradicional de jazz de Nova Orleans, mas esta parte foi removida e substituída por um final com laços de fitas criados por John Lennon e Ringo Starr durante a sessão de 28 de Setembro. Os laços feito inicialmente a última música de 9 minutos 38 segundos, mas a faixa foi reduzida a apenas 2 minutos 17 segundos. Parte dos laços foram usados ​​juntamente com um elemento da sequência de jazz a fim de fazer "The Bus", uma peça de acessório utilizado em vários pontos, para o filme de TV.
Gravação 
Na faixa, gravada e lançada oficialmente, Lennon interpreta o tema principal em mellotron, acompanhado por McCartney e Harrison (ambos na guitarra, além de overdub de baixo) e Ringo Starr (em maracas e bateria). Todos os quatro Beatles cantaram a melodia e as letras de qualquer tipo, e desaparece em uma variedade de efeitos de fita criadas por Lennon e Ringo Starr. Esta versão liberada é idêntica ao ouvida na trilha sonora do filme Magical Mystery Tour, a música é acompanhada no filme por cores alteradas de imagens de paisagem na Islândia tiradas de um avião. 
Uma versão diferente pode ser encontrada em alguns álbuns bootlegs dos Beatles (como Back Track-1), e as características adicionadas do órgão Hammond e estranhos barulhos de assobios nas primeiras partes da faixa.O jazz influenciou o final também que está presente nesta versão, que é ligeiramente mais curta,em torno de 2:08. Este tempo, que Mark Lewisohn especulou foi "aparentemente copiado diretamente a partir de um disco de jazz moderno não identificável",foi de fato tocado em um mellotron. (Além das amostras de familiares de instrumentos tocando notas individuais, mellotrons tinham bancos inteiros de uma orquestra pop tocando estilos da música popular, com acompanhamento opcional. Aqui a peça foi tocado com a configuração Dixieland Rhythm Mellotron.

fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Flying_%28The_Beatles_song%29

Nenhum comentário:

Postar um comentário