quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Glyn Johns "Let It Be é um monte de lixo"

Glyn Johns foi famosamente trazido para fazer algum sentido das horas e horas de fitas de ensaio que, eventualmente, se tornaram o projeto 'Let It Be' dos Beatles,embora ambos de seus mixes iniciais foram posteriormente rejeitados.Ele imaginou o projeto, então intitulado Get Back, como um projeto real - algo que mostrasse os Beatles como eram, sem truques de estúdio, vibração e covers 
Isso não é como se viu, é claro. John Lennon, posteriormente, passou as fitas mofada para Phil Spector, que, em seguida, acrescentou a sua infame técnica de produção de som "parede sonora" para um álbum que uma vez tinha sido enquadrado como uma tentativa de voltar ao básico. 
Glyn Johns, em uma nova conversa com o New York Times, mostra-se claramente horrorizado 45 anos mais tarde.
Paul McCartney,Glyn Johns e Mick Jagger
"Fiquei desapontado quando Lennon fugiu dando a Phil Spector, e ainda mais decepcionado com o que Phil fez com o projeto", diz Glyn Johns, que acaba de lançar um novo livro de memórias intitulado Sound Man."Não tem nada a ver com os Beatles.Let It Be é um monte de lixo. " 
Glyn Johns inicialmente começou a trabalhar nas fitas do Get Back em março de 1969, assim como os Beatles que começaram as sessões para o álbum que se tornaria o Abbey Road. Depois de sua passagem inicial que foi rejeitado,sessões adicionais foram realizados no início de janeiro de 1970. Glyn Johns entregou as fitas de novo, e mais uma vez não conseguiu obter a aprovação dos Beatles. Em março, Spector recebeu as mesmas músicas; ele completou o projeto fortemente adicionando overdub em abril de 1970. 
"Como eu digo no livro, ele vomitou tudo sobre ele," Glyn acrescenta. "Eu nunca ouvi a coisa toda, eu só ouvia os primeiros compassos de algumas coisas e dizia: 'Oh, esqueça." Era ridiculamente, repugnantemente meloso". 
Paul McCartney concordou e acabou lançando seu próprio mix despojado em 2003, chamado Let It Be: Naked.
Você pode escutar o álbum que seria chamado Get Back e decidir quem fez o melhor trabalho,a escolha será só sua.
O álbum Let It Be produzido por Phil Spector já conhecemos,então vamos as duas mixagens realizadas por Glyn Johns:

fonte:  Something Else!

12 comentários:

  1. Desculpe o Glyn Johns mas ele recebeu as fitas e montou o Get Back,mas mesmo saindo do objetivo do disco,sem truques,mas eu prefiro o álbum Let It Be de Phi Spector.

    ResponderExcluir
  2. Colcha de retalhos de mal gosto, o Let it BE ou Naked são duas bostas, prefiro as duas miragens do Glyn Jones

    ResponderExcluir
  3. Os mixes do Glyn Johns têm muitas falas, enrolação demais, sem contar que muitos takes escolhidos por ele são claramente inferiores aos masters que conhecemos, enquanto o Phil Spector escolheu takes melhores mas exagerou nos overdubbs. Let It Be...Naked chegou mais próximo do objetivo original, mas deveriam ter mantido os finais intactos, os fades muito curtos, a guitarra muito baixa em One After 909 e eliminado a guitarra wah wah do George em Across The Universe. Fora isso, tá tudo certo, principalmente nas decisões de incluírem as versões do filme de Don't Let Me Down e The Long And Winding Road.

    ResponderExcluir
  4. Vocês sabem qual é o meu álbum preferido desta fase?:

    01. Get Back (Past Masters)
    02. Let It Be ("Let It Be" Album)
    03. Don't Let Me Down (Past Masters)
    04. The Long And Winding Road ("Let It Be" Album)
    05. I've Got A Feeling (Let It Be...Naked)
    06. Across The Universe ("Let It Be" Album)
    07. For You Blue (Let It Be...Naked)
    08. Two Of Us (Let It Be...Naked)
    09. One After 909 (Let It Be...Naked)
    10. Dig A Pony (Anthology 3)
    11. I Me Mine (Anthology 3)

    Monte também o seu.

    Cláudio Sales (Jacobina-BA)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu:

      01. Get Back (Let It Be...Naked)
      02. Let It Be (single)
      03. Don't Let Me Down (single)
      04. The Long And Winding Road ("Let It Be" Album)
      05. I've Got A Feeling (Let It Be...Naked)
      06. Across The Universe (Anthology)
      07. For You Blue ("Let It Be" Album)
      08. Two Of Us ("Let It Be" Album)
      09. One After 909 (Let It Be...Naked)
      10. Dig A Pony (Let It Be...Naked)
      11. I Me Mine ("Let It Be" Album)

      Excluir
  5. Interessante ver como um disco pode ter conceitos tão diferentes para cada um.
    Aqui vai a minha versão, usando a sequencia do Naked:

    01. Get Back (Let It Be...Naked + final single)
    02. Dig A Pony (Let It Be...Naked)
    03. For You Blue (Let It Be...Naked)
    04. The Long And Winding Road (Let It Be...Naked)
    05. Two Of Us ((Let It Be...Naked, com intro do Let It Be)
    06. I've Got a Feeling (Let It Be)
    07. One After 909 (Let It Be - ou do Naked se a guitarra solo não tivesse ficado muito baixa)
    08. Don't Let Me Down (Let It Be...Naked)
    09. I Me Mine (Let It Be)
    10. Across The Universe (Let It Be...Naked, porém com os backing vocals da versão do Past Masters)
    11. Let It Be (single-Past Masters)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://diariodosbeatles.blogspot.com.br/2014/12/glyn-johns-let-it-be-e-um-monte-de-lixo.html?showComment=1420172149746#c168853747094491971

      Excluir
  6. Eu resolvi "produzir" o álbum idealizado no comentário de Fábio Lima. Verifiquem como ficou:

    https://www.youtube.com/watch?v=0prPQwff8sc&feature=youtu.be

    Cláudio Sales (Jacobina-BA)

    ResponderExcluir