segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

A guitarra Lucy de George Harrison

"Lucy" é o nome que George Harrison deu à sua exclusiva guitarra vermelha Gibson Les Paul, que ele ganhou de Eric Clapton em agosto de 1968. Anteriormente de propriedade dos guitarristas de rock John Sebastian e Rick Derringer.
Origem
Lucy era originalmente um modelo "Goldtop" Les Paul com captadores humbucking, uma combinação produzida apenas em 1957 e parte de 1958. Os registros da Gibson mostram que o número de série 7-8789 foi enviado da fábrica de Kalamazoo em 19 de dezembro de 1957. Em 1965, foi de propriedade de John Sebastian do The Lovin 'Spoonful, que negociou para Rick Derringer  dos The McCoys por um amplificador para substituir um que tinha explodido.
Por volta de 1966, o acabamento de ouro original da guitarra foi usado e, de acordo com Derringer, "era uma guitarra muito, muito usada, mesmo quando entendi ... então imaginei que, como não vivíamos longe da fábrica da Gibson em Kalamazoo, A próxima vez que o grupo foi lá, eu a daria a Gibson e o fizera refinar. Eu fiz isso na fábrica com o acabamento vermelho claro do estilo SG que era popular na época. "No entanto, Derringer não estava feliz com a guitarra após a refinação; ele vendeu a loja de guitarra de Dan Armstrong em Nova York
Eric Clapton e George Harrison 
A guitarra só havia estado na loja de Armstrong por alguns dias, quando foi comprado por Eric Clapton.Clapton não tocou muito este instrumento, suas principais guitarras em 1966-1968, sendo sua psicodélica SG de 1964 chamada "The Fool", uma 1964 ES-335, 1963 ou 64 Reverse Firebird, e um sunburst 1960 Les Paul, ele comprou de Andy Summers . Em agosto de 1968, Clapton deu a Les Paul vermelha como um presente ao seu bom amigo George Harrison. Harrison apelidou a guitarra como"Lucy", por causa da comediante ruiva Lucille Ball.
Harrison e os Beatles estavam no momento de gravar seu álbum duplo auto-intitulado (também conhecido como "o álbum branco"), e trabalhava há várias semanas em "While My Guitar Gently Weeps". Harrison não conseguiu gravar uma parte de guitarra que ele estava satisfeito; Além disso, Lennon e McCartney estavam desdenhosos com a música e "não tentaram muito". Sabendo que seus colegas de banda estariam com um bom comportamento em torno de um músico convidado, Harrison convidou Clapton para tocar no estúdios da EMI em 6 de setembro e tocar na música, dizendo-lhe "você não precisa trazer uma guitarra, você sabe que eu tenho uma boa Les Paul que você pode usar". Clapton usou a em um única take. A história de que Clapton apresentou cerimoniosamente Harrison com a guitarra após essa sessão é um mito repetido.
Harrison continuou a tocar Lucy como uma das suas principais guitarras durante o resto do tempo com os Beatles. Pode ser visto no vídeo promocional para "Revolution" e o filme Let It Be. Lucy pode ser ouvida durante o solo de guitarra perto do final de "The End".
George usou no último show em 1992 no Royal Albert Hall durante a "Roll Over Beethoven"
Roubo e recuperação
Em 1973, Lucy foi um dos itens roubados em um roubo na casa de Harrison em Beverly Hills. O ladrão ou um intermediário vendeu na Whalin's Sound City em Sunset Boulevard em Hollywood; O dono George Whalin imediatamente revendeu (em violação do período de espera legal de 30 dias) para Miguel Ochoa, um músico de Guadalajara, no México. Quando a guitarra vermelha apareceu em um boletim de propriedade roubada da polícia, Whalin chamou o número de contato de Ochoa, seu amigo Mark Havey; Isso começou uma longa negociação que resultou, em última instância, em que Harrison trocou com Ochoa uma sunburst Les Paul e um baixo Fender Precision para ter a Lucy de volta.Harrison mais tarde se referiu ao incidente como um "seqüestro"; ele manteve Lucy até sua morte em 2001.

source: Wikipedia

Nenhum comentário:

Postar um comentário