terça-feira, 17 de setembro de 2013

Inglês é preso por vender disco pirata dos Beatles

Paul Parkin foi sentenciado a quatro meses de prisão por vender cópias ilegais dos álbuns dos Beatles.
A British Recorded Music Industry Limited fez uma denúncia para a polícia, que bateu à porta de Parkin para uma busca e acabou encontrando uma série de vinis e cópias ilegais de CDs.
Toda a música pirateada encontrada na casa dele era dos Beatles, incluindo cópias de clássicos como “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, “Rubber Soul” e “Please Please Me”. 
Parkin, de 57 anos, foi considerado culpado por 23 delitos: dez sob a acusação de distribuir gravações em vinil e 13 por porte de bens com o intuito de causar danos a outros. 
Angela Jones, integrante da assembleia de Cumbria, disse para a BBC: “Com a internet, ficou muito fácil para as pessoas distribuírem bens falsificados. O uso não autorizado de marcas registradas prejudica os vendedores legítimos, que trabalham dentro da lei.
Qualquer um que for pego vendendo ou distribuindo bens falsificados pode ser processado, ter seus bens confiscados ou até – como foi o caso de Parkin – acabar preso”. 

fontes: http://www.bbc.co.uk/news/uk-england-cumbria-24087261

Nenhum comentário:

Postar um comentário